logotipo do aplicativo waze
2 Comentários
Android

Google compra o aplicativo de GPS Waze por 1 bilhão

Enquanto os aplicativos móveis que estão na ribalta, rivalizam uns com os outros para serem cada vez mais populares, o Google acabou de comprar o Waze GPS, o sistema de mapeamento social popular que dá aos motoristas informações em tempo real e rotas alternativas para ajudá-los a evitar engarrafamentos. O aplicativo foi vendido por 1 bilhão de dólares.

O aplicativo do dispositivo de navegação passivamente acompanha as rotas dos seus usuários via GPS, algo já feito pela Apple e aplicativos de tráfego do Google. Mas Waze vai mais longe com muitos voluntários que melhoram os seus mapas, semelhante à maneira como os voluntários adicionam conteúdo à Wikipedia. O Google já é líder em mapeamento online, e a compra de Waze pode deixar a concorrência ainda mais para trás.

aplicativo waze pode ser comprado pela googleDepois de conversas com o Facebook e até mesmo com a Apple, o Google acabou por adquirir o aplicativo. A primeira notícia deste possível acordo foi dada através de um site de notícias de negócios israelense, que vem a acompanhar o andamento das negociações e a envolver pretendentes de Waze. O The New York Times e o Wall Street Journal também relataram o negócio, citando fontes não identificadas. O Waze foi iniciado em Israel e ainda tem amplas operações lá. Como observamos, algumas semanas atrás, o aplicativo de smartphone tem um público fiel de mais de 40 milhões de usuários que gostam da ideia da partilha de informação sobre as condições do trânsito para ajudar uns aos outros a chegar onde eles precisam de ir.

Não é nenhuma surpresa que algumas das maiores empresas se têm interessado por Waze. O analista Tony Cripps alerta para a “importância estratégica que a localização e mapeamento tem por gigantes da tecnologia de consumo”. Num comunicado enviado por email, no entanto, Cripps passou a dizer que uma aquisição pela Google é “tanto ofensivo como um movimento defensivo.” O Google é geralmente visto como o líder em serviços de mapeamento online, mas analistas como Cripps dizem que provavelmente queriam que Waze melhorasse os seus produtos para manter o serviço popular fora das mãos de rivais como o Facebook e a Apple.

O Blog de tecnologia All Things D está a relatar que o Google planeja continuar Waze a funcionar como um aplicativo independente. No início, os relatórios indicam que os esforços do Facebook para comprar Waze tinham fracassado por insistência do Facebook querer mover as suas operações. Mas não há nenhuma palavra sobre as intenções do Google a esse respeito.

Alguns analistas estão a perguntar-se se o negócio Waze vai aumentar os problemas de defesa da concorrência para o Google, já que os dois são essencialmente rivais em serviços de mapeamento. O Search Engine Land blogger e analista Greg Sterling sugere que não será um problema nos Estados Unidos, mas acrescenta que poderia ser mais um problema na Europa, onde os reguladores anti-trust foram agressivamente examinados.

Outras sugestões

Comentar

2 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *