linkedin
Nenhum Comentário
Web

LinkedIn atinge os 200 milhões de usuários

O LinkedIn atingiu, ontem, os 200 milhões de usuários. A empresa não revela qual foi o dia exato que atingiu essa marca, afirmando apenas que os seus membros estão presentes em mais de 200 países e 19 línguas em todo o mundo. Para chegar a esse número, a marca tem conseguido angariar, em média, 2 novos usuários por segundo.

No comunicado, a empresa aproveitou para dar a conhecer a conhecer de onde vêem grande parte dos usuários e de realçar que o Brasil é o terceiro país dessa lista, com 11 milhões de usuários, ficando apenas atrás dos Estados Unidos (74 milhões) e Índia (18 milhões). Reino Unido também com 11 milhões e Canadá com 7 milhões. De realçar que o LinkedIn também divulgou a lista com os países emergentes: China, Brasil, Portugal, Índia e Itália.

No que toca a áreas de negócio, Tecnologias de informação e serviços é a área que mais representantes tem, com 4 milhões, seguida de serviços financeiros (2 milhões). Quanto a pessoas que são seguidas, destaque para Richard Branson que lidera a lista, seguido logo depois do presidente dos Estados Unidos da América, Barack Obama.

Apesar do LinkedIn ser, constantemente comparado ao Facebook, a verdade é que esta rede social acaba por ter um público mais direccionado para os negócios, o que torna as suas chances de conseguir números gigantescos um pouco menor. Enquanto que o site de Mark Zuckerberg conta com um bilião de usuários, o LinkedIn chegou agora a um quinto dessa marca.

“Gostaria de agradecer a todos vocês por ajudaram a construir o que o LinkedIn é hoje”, explica Deep Nishar, um dos responsáveis da marca. “É maravilhoso ver como os nossos usuários têem transformado as suas vidas profissionais através do nosso site”.

LinkedIn atinge os 200 milhões de usuários

Outras sugestões

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *