facebook
Nenhum Comentário
Web

Mark Zuckerberg: “Estes serviços de internet devem ser livres para todos”

Mark Zuckerberg tem grandes planos para o futuro da Internet. Em entrevista à Wired publicada na segunda-feira, o CEO do Facebook, falou longamente sobre o seu mais recente projeto, Internet.org, uma organização sem fins lucrativos cuja missão é levar o acesso à Internet para todos no planeta. (Confira a nossa notícia: ) Mesmo com parceiros como a Nokia, Samsung e Qualcomm, como parte da equipe,  o objetivo é sublime, mas Zuckerberg tem uma visão para o que ele quer – pelo menos para começar.

Zuckerberg prevê um conjunto de serviços, incluindo “mensagens, Wikipedia, sites de busca, redes sociais, acesso ao tempo, etc”, que devem estar prontamente disponíveis. Esta lista de serviços não é abrangente, mas estabelece uma porta de entrada para a interposição de acesso total à Internet para todos, disse ele. Claro, nada é realmente livre. Isto significa que alguém precisa de pagar a conta para o mais básico dos serviços de Internet, mas Zuckerberg tem uma ideia. A única coisa que é valioso nas redes sociais e mensagens de motores de busca é que eles são portais para mais conteúdo, disse à Wired. Ao fazer o acesso básico a essas coisas livres, as pessoas realmente acabam por descobrir mais conteúdo numa base sustentável, em seguida, acessam e usam mais dados do que seria de outra forma. Ele acabam por ser um modelo muito rentável para as operadoras. As operadoras farão mais dinheiro com as novas pessoas que podem pagar do que vai custar-lhes oferecer os serviços gratuitos “.

mark zuckerberg os serviços de internet devem ser gratuitos para todos

Mark Zuckerberg insera isto numa pequena parte de um objetivo muito maior, que ele espera alcançar, mas há algo a ser dito sobre quebrar as barreiras à entrada quando se trata de acesso à Internet. “A história do próximo século é a transição de uma economia industrial, baseada em recursos, para uma economia do conhecimento”, disse Zuckerberg. “Você resolve isso fazendo com que todos estejam online.”

E você, o usuário consegue pensar noutros serviços de internet que devam ser livre para todos? Conte-nos nos comentários, abaixo.

Outras sugestões

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *