facebook
Nenhum Comentário
Web

Perfil de Zuckerberg é invadido para provar falhas

Imagine a situação: Você configura seu perfil para que apenas amigos publiquem em sua linha do tempo evitando, assim, que sua linha do tempo encha com mensagens indesejadas de pessoas que nunca viu. Mas, de súbito, alguém descobre uma falha e a configuração é o mesmo que nada!

Um usuário palestino, Khalil Shreateh, descobriu uma falha no Facebook que permitia publicar no mural de perfis privados. Como a rede social paga US$500,00 para quem relatar quaisquer bug – e até mesmo para respeitar a privacidade dos demais usuários – Shreateh informa a equipe de segurança do Facebook sobre o erro, mas recebe apenas um e-mail de um funcionário identificado como Emrakul, informando que “…isto não é um bug.”

Para provar que o erro realmente existia, o palestino invadiu o perfil de Marck Zuckerberg e postou em seu mural as informações sobre o erro. Ao ver tal situação, o engenheiro Ola Okelola entrou em contato com Shreateh para pedir informações detalhadas sobre o bug, mas não foram pagos os benditos US$500,00 para o mesmo. A justificativa é que “ele violou os termos de serviço da rede social”.

Perfil de Zuckerberg é invadido

Outras sugestões

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *