A Máquina Que Faz Tudo
Nenhum Comentário
iPad
01234

A Máquina Que Faz Tudo

Não pense tanto em carrinhos, bonecas ou jogos de tabuleiro: se tem uma coisa que as crianças da nossa época gostam são de um celular ou um tablet. Por esse motivo, não faltam aplicativos para os pequenos aproveitarem esse tempo que deixamos eles na frente das telinhas — Zig Zig Zaa, Turma da Galinha Pintadinha e Toca Hair Salon 2 são alguns exemplos de que já falamos por aqui. Só que nenhum tinha a pretensão de ensinar lógica de forma tão divertida quanto A Máquina Que Faz Tudo (ou The Everything Machine). Disponível para iPhone e iPad e parte da lista de Melhores Apps de 2015 pela Apple, será que ele faz tudo mesmo?

Programar não é difícil

A Máquina Que Faz Tudo para iPadInfelizmente, a imagem que as pessoas tem na cabeça de “programação de computadores” são vários códigos complicados, sem sentido algum. A proposta d’A Máquina Que Faz Tudo para iPhone e iPad é desconstruir isso para ensinar a lógica de programação para crianças, a partir dos 4 anos de idade. O app se apresenta como aqueles “kits de cientista” — ele te dá os ingredientes e é o usuário que deve, a partir da experimentação, entender como eles funcionam. A diferença é que aqui não são reações químicas, mas códigos digitais, disfarçados como junções de objetos ligados.

Tudo começa com uma bateria, a fonte de energia da sua “máquina”. Ligada nela, você coloca um botão, para que todo o resto funcione apenas com um toque nele. Depois, conecte uma câmera (que funciona a partir da câmera do seu dispositivo mesmo, assim como os demais blocos de entrada de dados), um modificador visual de mudança de cor e um arquivo de fotografias para registrar esse momento na Galeria do seu celular/tablet. Pronto! É assim que A Máquina Que Faz Tudo tornou-se uma “máquina de fotos coloridas” e é do mesmo jeito que ela pode tornar-se o que a sua imaginação conseguir criar.

A Máquina Que Faz Tudo para iPhoneDo básico ao avançado

Nada de digitar para programar A Máquina Que Faz Tudo: as funções são feitas arrastando esses objetos e colocando-os na sequência desejada; ou seja, a interface é a mais orgânica possível para que a experimentação ocorra naturalmente. Crianças menores ficarão muito empolgadas ligando lâmpadas e tirando uma foto ou outra, com certeza.

Entretanto, as maiores (e até os adultos) terão a sua disposição vários sensores, estruturas condicionais, transmissores e receptores de dados para outros iPhones/iPads e outras opções um pouco mais avançadas. Variáveis fazem falta e poderiam muito bem ter sido incluídas, já que seu conceito não é tão complicado e abririam um outro leque de possibilidades.

Conclusão/Opinião sobre A Máquina Que Faz Tudo

Nos últimos anos, uma verdadeira mobilização pelo ensino de lógica de programação para crianças e adolescentes vem crescendo e A Máquina Que Faz Tudo é um dos melhores exemplos possíveis para tal. Seu conceito é tão bem pensado que vai despertar a lógica que existe dentro dos pequenos e, claro, proporcionar boas horas de diversão com eles. Na verdade, vai que você acaba gostando e acaba entrando na brincadeira também, hein?

A Máquina Que Faz Tudo
01234 Total de 17 votos.
Design
Facilidade
Usabilidade
Versatilidade
Preço
Download
144 Downloads até agora

Outras sugestões

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *