Vine
Nenhum Comentário
iPhone

Vine, a nova app do Twitter, agora é só para maiores

Recentemente, a empresa Twitter lançou uma nova app para compartilhamento de vídeos chamada Vine (leia a nossa review desta app), disponível para iPhone. Esta app implementa uma novidade muito interessante em termos de compartilhamento de vídeos: ela restringe a duração dos vídeos a 6 segundos, no máximo. Isso fez com que os usuários mostrassem sua criatividade na preparação dos vídeos.

No entanto, ultimamente vários usuários tem compartilhado vídeos considerados inapropriados, como vídeos com conteúdo considerado pornográfico, mostrando órgãos sexuais, e também vídeos exibindo cenas de violência. O maior problema é que, da forma como a app funciona, você vai passando pelas listas de vídeos e eles automaticamente começam a tocar assim que aparecem na tela. Ou seja, o usuário poderá acabar vendo conteúdo que não deseja ver sem querer.

Note que os usuários podem marcar um determinado vídeo como inapropriado, desta forma o vídeo não será exibido automaticamente para os demais usuários, que verão uma mensagem alertando para o seu conteúdo. Mas alguém terá que vê-lo para poder fazer isso.

Vine - só para maiores de 17 anosAté aí, o que vemos é algo que já vimos acontecer em outras redes sociais também. Mas o fato mais polêmico aconteceu quando um destes vídeos de conteúdo inapropriado foi parar na lista “Editor’s Pick” (traduzindo, “A Escolha do Editor”), que é uma lista de vídeos sugeridos pela equipe do Vine. Esta lista destaca os melhores vídeos e é muito usada pelos usuários que começam a explorar esta nova rede social. Logo que percebeu o deslize, a equipe da Vine tirou o vídeo da lista, justificou o ocorrido como sendo um “erro humano” e se desculpou pelo erro, conforme reportou o site The Verge.

Depois disso, os desenvolvedores começaram a tomar algumas ações para tentar restringir o acesso dos usuários a vídeos considerados pornográficos. Segundo a CNN, a app passou a bloquear buscas por hashtags que estejam relacionadas com este tipo de conteúdo. Ao fazer uma busca por algumas destas hashtags, o usuário não recebe mais nenhum item na lista de resultados.

Por fim, provavelmente temendo ver a app Vine ser banida da App Store (isso já aconteceu com outras apps no passado), eles tomaram mais um passo para tentar contornar a polêmica em torno deste assunto: a partir da última atualização disponibilizada no dia 05 de fevereiro, a app só está disponível para maiores de 17 anos. Ao instalá-la, você verá uma mensagem pedindo confirmação de que você tem 17 anos de idade ou mais.

É importante ressaltar que a primeira impressão da grande maioria dos usuários e da imprensa foi bastante positiva em relação à app Vine. Vamos acompanhar essa luta da empresa Twitter para evitar que toda essa polêmica acabe por afugentar os usuários desta nova e promissora app.

Outras sugestões

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *