whatsapp
Um Comentário
iPhone

WhatsApp pode passar a cobrar assinatura anual em iPhone

Quando eu ouvi falar sobre a app WhatsApp passar a cobrar uma assinatura anual dos usuários de iPhone neste artigo do TechCrunch, pensei que estava me deparando com um velho hoax (boato falso) que de vez em quando ressurge, onde afirma-se que a WhatsApp passaria a ser um serviço pago e que o usuário deveria enviar uma mensagem para todos os seus contatos para não ser cobrado. Essa parte de enviar a mensagem para seus contatos é um hoax com certeza, mas agora parece que a parte da cobrança da assinatura pode se tornar real.

Para quem não conhece, a app WhatsApp é muito popular e é usada para troca de mensagens em dispositivos móveis, através de conexão 3G ou wi-fi. Ela está disponível para várias plataformas e smartphones: iPhone, Android, Blackberry, Nokia S40, Nokia Symbian e Windows Phone. Isso permite aos usuários trocarem mensagens na WhatsApp ao invés de usarem mensagens SMS através da operadora de telefonia celular.

WhatsApp - exemplo 01Além disso, outra vantagem da WhatsApp é que, ao invés de fazer a pessoa criar um novo usuário, ela usa o número do celular do usuário como identificação, bastando apenas checar a agenda de contatos do usuário para encontrar outras pessoas que ele conhece que usam esta app.

Se você quiser conhecer um pouco mais sobre a WhatsApp, leia as duas reviews que nós já fizemos aqui no AppTuts desta app: uma para a versão para iPhone e outra para a versão para Android (clique nos links para ler cada review completa).

Não se assuste, a WhatsApp já é paga

Uma coisa que é importante esclarecer é que a WhatsApp já é uma app paga, não é gratuita. A questão principal é que atualmente o modelo de cobrança é diferente na versão para iPhone e em todas as demais plataformas.

Atualmente, a WhatsApp para iPhone custa US$0,99 na AppStore, e após a compra nada mais é cobrado do usuário. Portanto ela é uma app paga, mas sem assinatura. Em Android e Windows Phone, o download da app é gratuito, e o primeiro ano de uso também. Mas a partir do segundo ano, o usuário que quiser continuar usando a app precisará desembolsar US$0,99 por ano (é isso mesmo, são apenas 99 centavos de dólar por ano).

O que pode mudar?

WhatsApp - exemplo 02Segundo entrevista concedida ao jornalista escocês Alexander Klopping, o CEO da WhatsApp Jan Koum afirma que eles planejam mudar a forma como eles disponibilizam a app para usuários de iPhone, e passar a usar o mesmo modelo de distribuir a app gratuitamente e passar a cobrar uma assinatura anual que já usam em outras plataformas. Quando questionado quando essa mudança ocorreria, ele afirmou que ainda não definiram uma data, mas que certamente será ainda este ano.

Koum também esclarece que a mudança se aplicaria apenas a novos usuários, ou seja, quem já comprou a app na AppStore não precisará pagar a assinatura, estará isento desta cobrança. Portanto se você já gastou seus $0,99, nada mudará para você.

Nesta entrevista, Koum também faz alguns outros comentários, como garantir que eles não estão planejando uma versão desktop da WhatsApp no momento, embora ele mesmo afirme que esse assunto costuma aparecer bastante. Ele também afirmou que não há planos de adicionar o recurso de vídeo ao serviço (como temos no Skype) ainda este ano.

E não caia no hoax!

Como eu comentei no início do artigo, há um antigo hoax (boato falso) que fala sobre o início da cobrança dos serviços da WhatsApp (que como vimos acima, já é uma app paga), e que para escapar da cobrança o usuário poderia enviar uma certa quantidade de mensagens para seus contatos com um texto pré-definido para ganhar um status de usuário com mais privilégios e sem cobrança. O texto do hoax varia, mas o objetivo é sempre o mesmo: convencer o usuário a enviar muitas mensagens, e provavelmente sobrecarregar os servidores da WhatsApp e causar indisponibilidade no serviço se esse hoax tornar-se viral.

Portanto, se você receber uma mensagem parecida de algum amigo, não replique a mensagem, e avise seu amigo que se trata de um hoax. Evite ajudar este tipo de coisa a se tornar viral e aí sim prejudicar os usuários do serviço. Tenha em mente que se você já pagou pela WhatsApp, você estará fora da nova cobrança de assinatura.

E mesmo para os novos usuários, 99 centavos de dólar por ano é muito barato. Esse valor é economizado rapidamente em algumas mensagens SMS que o usuário deixa de enviar e portanto pagar para a operadora de telefonia celular.

Outras sugestões

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *