Netflix é processada por seus funcionários
16 de junho de 2016
Nenhum Comentário
Netflix é processada por seus funcionários
Netflix é processada por seus funcionários

Netflix é processada por seus funcionários

Nenhum Comentário

Ser pago para assistir as séries e filmes presentes na Netflix pode parecer um verdadeiro sonho para a maioria das pessoas, só que parece que a realidade está bem longe disso. Na verdade, a empresa de streaming está sendo processada por alguns funcionários designados para esta exata função.

No caso, estes funcionários são contratados para assistir diversos títulos disponíveis na Netflix com o fim de definir a melhor imagem para aparecer em destaque quando alguém os seleciona no site. Até aí, o tudo parece bem tranquilo, mas as condições de trabalho são precárias.

Leia mais: Como diminuir o uso de dados da Netflix no smartphone

Estes trabalhadores não possuem um contrato de trabalho integral e recebem apenas 10 dólares por título assistido, o que é bem pouco considerando a duração de certos filmes ou episódios de séries. Além disso, eles têm uma jornada de trabalho bem restrita e são vigiados pela empresa constantemente.

Considerando que eles precisam trabalhar por 40 horas semanais, ganham pouco, são cobrados mais que o necessário e não possuem qualquer vínculo com a empresa, não tinha como um processo não aparecer em algum momento.

Leia também: 10 dicas da Netflix para você aproveitar mais o serviço

Atualmente, são dois processos diferentes movidos contra a Netflix pelo mesmo motivo. O grupo de trabalhadores exige condições melhores, um salário compatível com as horas trabalhadas e um contrato real com a empresa. De acordo com advogados americanos, estes funcionários têm boas chances de ganhar, mas ainda há um longo caminho a se percorrer.

Netflix

Fonte: The Hollywood Reporter

Junte-se a nós na nossa área de membros!
Faça login ou registre-se e receba as novidades em primeira mão.
Guarde artigos para ler mais tarde ou acesse aos seus favoritos.

Comente este artigo

* Campos de preenchimento obrigatório

Voltar ao topo