Jumping Fish

Jumping Fish

01234
22 de junho de 2015
Nenhum Comentário

Os celulares trouxeram de volta a magia de bater os seus próprios recordes em jogos. Alguns preferem os de corrida infinita, como Temple Run 2, Subway Surfers ou Penguin Dash, enquanto outros apelam para os desafios de destreza e paciência, como aa ou Whale Trail. Aliás, o game que viemos falar hoje se parece muito com o da nossa querida baleia arco-íris: Jumping Fish, disponível para Android, iPhone e iPad, vai fazer você perder muitas horas levando seus peixes para passear.

Subindo e descendo

Jumping Fish para Android

Jumping Fish não poderia ter um gameplay mais simples do que já tem e realmente semelhante ao visto em Whale Trail: se o peixe estiver dentro da água, um toque faz ele descer mais rápido; se estiver fora d’água, tocar faz ele subir mais rápido. A ideia é chegar o mais longe possível, desviando de minas e outros obstáculos que vão aparecendo pelo caminho. Por mais que possa parecer difícil no começo e achar que ele é um “Flappy Bird com peixinhos bonitinhos”, logo você pega o jeito e já está fazendo altos recordes.

Bem ou mal, o game fica nisso, não existem mecânicas extras ou até mesmo power-ups para serem usados. A única coisa extra do pacote são os vários peixes que se pode usar pra jogar, desbloqueados com estrelas capturadas durante as jogatinas ou ganhadas como bônus por assistir vídeos de propaganda: 100 estrelas correspondem a um novo personagem aleatório. As microtransações servem apenas para comprar um dos peixes, o Gold Fish, que aumenta o número de estrelas ganhos, e tirar os anúncios.

Jumping Fish para iPhone

Caprichos do mar

O visual do jogo é bem bonito e cartunesco, dando um ar cômico muito bem-vindo ao game. Uma das coisas legais é que as cores do céu, do mar e das minas mudam a cada partida, sempre variando um pouco a cara das coisas. A conexão com o Game Center e o Google Play Games para as tabelas de pontuação aumenta a longevidade, mas não o suficiente para fazer você jogar por muito tempo se não gostar de se superar. Infelizmente, o jogo também não tem música, limitando-se a alguns efeitos sonoros.

Conclusão/Opinião

Jumping Fish traz uma proposta tão simples que não se tem muito para falar, mas uma coisa a afirmar: existe muito potencial que não foi explorado. O jogo é legal, bonito e diverte por um tempo, mas se não for uma daquelas pessoas loucas por bater recordes cada vez mais altos, provavelmente vai cansar depois de algumas partidas. A falta de novas mecânicas e até mesmo de uma música no fundo não faz dele um ótimo jogo, mas é uma pedida legal para passar o tempo naquelas fílas intermináveis no banco.

Jumping Fish
01234 Total de 105 votos.
Design
Facilidade
Usabilidade
Versatilidade
Preço
Junte-se a nós na nossa área de membros!
Faça login ou registre-se e receba as novidades em primeira mão.
Guarde artigos para ler mais tarde ou acesse aos seus favoritos.

Comente este artigo

* Campos de preenchimento obrigatório

Voltar ao topo