7 coisas que a Apple aprendeu com o Android
19 de novembro de 2015
Nenhum Comentário
7 coisas que a Apple aprendeu com o Android
7 coisas que a Apple aprendeu com o Android

7 coisas que a Apple aprendeu com o Android

Nenhum Comentário

Faz bastante tempo que vemos a Apple disputar o mercado de smartphones e tablets com os dispositivos Android e apesar de muitos acreditarem que a maçã é claramente superior ao robôzinho do Google, não podemos negar que existem algumas coisas que a Apple aprendeu com o Android, tanto que foram criados apps para deixar o Android igual ao iPhone, já que cada vez mais os sistemas são mais próximos.

Muitos dos recursos e funções apontadas como novidades pela Apple nos últimos anos já estavam implementadas no Android anteriormente, por exemplo. Para conhecer as principais coisas que a Apple aprendeu com o Android, basta conferir a nossa lista completa abaixo!

Leia também no AppTuts: 7 fatos a considerar antes de trocar o Android pelo iPhone

1. Multitarefa

coisas que a apple aprendeu com o Android inicioQuando falamos de multitarefa, nem estamos nos referindo ao recurso que permite usar dois aplicativos ao mesmo tempo com tela dividida, mas da possibilidade de alternar entre apps sem ter que fechá-los e iniciá-los novamente depois.

Isso pode parecer algo bem básico hoje em dia, mas não foi implementado no iPhone até o lançamento do iOS 4 em 2010. Enquanto isso, o Android já oferecia este recurso desde sua primeira versão, lançada ainda em 2007, ou seja, demorou um bom tempo para a Apple ver o quanto podia se beneficiar de funções multitarefa.

2. Telas grandes

Antes mesmo das telas ridiculamente enormes dos phablets (os híbridos entre smartphones e tablets), era notável a quantidade de aparelhos Android com telas grandes. Enquanto muitos dispositivos alcançavam as 5 polegadas, o iPhone permaneceu com uma tela de 3,5 polegadas até o iPhone 5 ser lançado em 2012.

O novo modelo também não tinha aumentado tanto assim, já que oferecia apenas 4 polegadas, algo que não agradou tanto alguns fãs da Apple. Com o iPhone 6 e 6 Plus, parece que a empresa finalmente aprendeu a lição, oferecendo telas de 4,7 e 5,5 polegadas respectivamente.

3. Painel de configurações

Ter que abrir o menu de configurações toda vez que você quiser só ajustar o brilho ou ativar o Wi-Fi é algo extremamente irritante e ineficiente. Mesmo assim, a Apple deixou seus usuários com este tipo de experiência até o lançamento do iOS 7, que finalmente implementou um painel de configurações de acesso rápido.

Já os usuários do Android sabem que este era um dos recursos mais básicos do sistema, desde suas versões mais antigas. Pode ter demorado anos, mas a Apple finalmente aprendeu outra lição com o nosso querido robôzinho verde.

Aprenda mais sobre iPhone e Android nos artigos do AppTuts!

4. Atualizações sem fio

coisas que a apple aprendeu com o Android marshmallowSabe como uma atualização nova é disponibilizada pela Apple e nós só precisamos apertar um botão e esperar o dispositivo fazer tudo sozinha via Wi-Fi? Pois é, mas não tão fácil e prático assim sempre, pelo menos não até o iOS 5 ser lançado.

Até então, era necessário conectar o iPhone e iPad no computador para receber as atualizações via o iTunes. Considerando que atualizar através do Wi-Fi sempre foi possível no Android, consideramos que é outra das coisas que a Apple aprendeu com o Android e foram muito bem-vindas.

5. Notificações interativas

Se você tem um iPhone ou iPad com o iOS 8 ou superior, já deve ter percebido que é possível interagir com suas notificações. Dá para responder e arquivar mensagens sem a necessidade de abrir um aplicativo específico, por exemplo.

É claro que como você já deve estar imaginando que este recurso já estava disponível aos usuários do Android há um bom tempo, mas ficamos felizes que a Apple tenha percebido o quanto isso poderia ser útil e prático no nosso uso cotidiano. Atualmente, já é possível até mesmo adiar notificações em aparelhos com edições mais recentes dos sistemas operacionais da Google e Apple.

6. Câmeras com flash

Parece um absurdo, mas os smartphones da Apple simplesmente não possuíam flash na câmera até o lançamento do iPhone 4 em 2010. É até estranho imaginar que tantos modelos tenham sido lançados anteriormente sem que a Apple pensasse que seria uma boa ideia incluir um recurso tão básico quanto o flash. Mas era uma realidade dos smartphones daquela época.

Não podemos dizer que a ideia foi simplesmente emprestada dos dispositivos Android, mas o flash estava lá há um bom tempinho já. Talvez o chamou a atenção da Apple para este recurso tenha sido o primeiro Samsung Galaxy, lançado em 2009. Algumas coisas que a Apple aprendeu com o Android parecem bem óbvias, mas demoraram a acontecer.

7. Plano de fundo customizável

coisas que a apple aprendeu com o Android fundoNosso último tópico não é tão revolucionário ou especial quanto os outros, mas é bem importante na questão visual de nossos smartphones e tablets. Talvez você nem se lembre, mas só era possível ter um plano de fundo preto no iPhone até o lançamento do iOS 4.

Depois disso, nós finalmente pudemos trocar nossos planos de fundo de forma customizável, algo que deixou a aparência do smartphone bem mais agradável. Para os usuários do Android, esta prática sempre foi muito comum, desde as versões iniciais do sistema operacional.

Inclusive, vale mencionar que nos primeiros anos de Android e iOS, a principal vantagem que o sistema da Google tinha sobre a rival era justamente a facilidade de customização. Enquanto o iOS era considerado “travadão”, desenvolvedores podiam mexer em diversas configurações. Por outro lado, o sistema era praguejado com diversos bugs que atrapalhavam o usuário final.

Gostou das coisas que a Apple aprendeu com o Android?

O que achou das coisas que a Apple aprendeu com o Android? Não esqueça de deixar seu comentário nos dizendo o que o iPhone ainda pode aprender com seu concorrente em questão de recursos e novidades!

Junte-se a nós na nossa área de membros!
Faça login ou registre-se e receba as novidades em primeira mão.
Guarde artigos para ler mais tarde ou acesse aos seus favoritos.

Comente este artigo

* Campos de preenchimento obrigatório

Voltar ao topo