Como desativar Snapchat e apagar todos os dados trocados nele
21 de fevereiro de 2017
Nenhum Comentário
Como desativar Snapchat e apagar todos os dados trocados nele
Como desativar Snapchat e apagar todos os dados trocados nele

Como desativar Snapchat e apagar todos os dados trocados nele

Nenhum Comentário

Se já cansou de utilizar o Snapchat e criar novas histórias nele ou está o trocando pelo Instagram Stories, é bom ter cuidado ao deletá-lo de seu aparelho. Uma maneira de não terem acesso a sua conta mesmo que delete o aplicativo é desativar Snapchat, além de apagar todos os dados trocados nele.

Apesar de ser exclusivamente usado em dispositivos Android e iPhone, para encerrar sua conta é ideal que esteja acessando um computador, já que o processo é feito através de um site do Snapchat. Recomendamos ter seu nome de usuário e senha em mãos para realizar o processo, que pode conferir no passo a passo abaixo.

Dica: Caso ainda esteja usando o Snapchat, conheça estes 50 perfis que precisa seguir!

Como desativar Snapchat em 3 passos

1 – Visite o site de desativação de contas do Snapchat e entre com seus dados de login;

desativar Snapchat login

2 – Na tela de confirmação, digite novamente sua senha e clique no botão de Continuar para desativar Snapchat, necessário antes de deletá-lo de maneira permanente;

desativar Snapchat confirmar

3 – Após confirmar, sua conta ficará inativa por 30 dias. Após esse período, tudo relacionado ao seu Snapchat será apagado, sendo necessário criar uma nova conta caso queira retornar;

3.1 – Após desativar Snapchat, você ainda pode reativá-lo, mas tem de fazer isso antes do período de 30 dias terminar, bastando que acesse sua conta no aplicativo e seu perfil será automaticamente reativado.

Vale lembrar que, durante esses 30 dias, sua conta não poderá mais ser encontrada por outros usuários. Isso significa que não poderá mais receber mensagens e quaisquer snaps que tenha publicado ficarão indisponíveis.

Não há como adiantar o processo de apagamento dos conteúdos publicados no Snapchat, devendo esperar o período mencionado após desativar Snapchat.

Aprenda tudo sobre o Snapchat e mídias sociais lendo nossos artigos do AppTuts!

desativar snapchat

Agora que você já sabe como desativar Snapchat, veja alguma das principais alternativas para criar conteúdos autênticos e cheios de filtrou, GIFs e adesivos para compartilhar!

1. Instagram Stories

Ao final de 2018, é de longe – superando em muito o próprio Snapchat – a ferramenta mais popular para publicar fotos ou vídeos de até 15 segundos. Seus conteúdos também são “desintegrados” após 24 horas e possuem localização privilegiada, antes mesmo do próprio feed do Instagram. Saiba tudo sobre as Stories do Instagram em nosso artigo!

2. Facebook Stories

Com o sucesso das Stories do Instagram, não demorou muito para o Facebook também receber suas próprias Stories. Ele funciona de maneira muito semelhante às do Instagram, com algumas sutis diferenças.

Entre elas, a possibilidade de dar reações às Stories, como se fossem os próprios posts do Facebook. Além disso, ele traz seu conjunto próprio de adesivos, máscaras e emojis, entre outros. O melhor: você pode postar Stories do Facebook pelo PC!

3. WhatsApp Status

Até o WhatsApp se rendeu ao formato das Stories através do WhatsApp Status. Apesar dos protestos iniciais – que renderam o retorno dos status antigos e hoje ambos coexistem -, a adesão se tornou crescente e hoje já é comum publicar os Status do WhatsApp.

Ele foi o primeiro a permitir incluir publicações apenas em texto e é o único que permite colocar links sem a exigência de ter 10.000 seguidores, como acontece no Instagram. Por outro lado, ele fica restrito aos seus contatos, sendo de difícil expansão.

4. LinkedIn (ainda em testes)

Até mesmo a rede de conteúdo corporativa está se rendendo ao formato. Começando como uma rede destinada a profissionais que buscavam recolocação no mercado de trabalho, atualmente se tornou uma plataforma de conteúdo por conta própria.

desativar snapchat linkedin

Assim como o YouTube, eles também possuem sua rede de influenciadores especializados na plataforma. Porém, as Stories do LinkedIn ainda se encontram em fase de testes por universitários dos Estados Unidos.

O LinkedIn ainda não divulgou uma data de lançamento para suas Stories ou se elas chegarão a ser lançadas para o público em algum momento.

5. YouTube Stories (ainda em testes)

O LinkedIn não é o único a testar os Stories e está cada vez mais seguro afirmar que o formato é o futuro e é possível que os feeds de notícia estejam com os dias contados. O YouTube também está a testar os Stories.

No dia 30 de novembro de 2018, a maior plataforma de vídeos do mundo revelou que está testando as Stories. Diferente do LinkedIn, porém, apenas canais com, no mínimo, dez mil seguidores podem se inscrever para participar da fase de testes das Stories do YouTube. Se você cumpre o requisito, clique no link para fazer sua inscrição e faça o curso criado pela própria equipe do YouTube!

Os Stories do YouTube possuem algumas diferenças com os exemplos mostrados até aqui. O primeiro está no tempo de permanência de um post. Diferente das 24 horas originais, publicações feitas no YouTube Stories ficam no ar por uma semana. A plataforma também trará um chat interativo, algo inédito no formato.

O YouTube ainda não divulgou uma data de lançamento global para o restante dos canais com menos de 10.000 seguidores e os usuários comuns da ferramenta. Qual será sua plataforma favorita para publicar Stories?

desativar snapchat youtube

Qual seu app favorito: Snapchat ou Instagram Stories?

Após o lançamento do Instagram Stories, você foi um dos que migrou seus snaps para a rede social ou permaneceu fiel ao Snapchat? Qual deles é seu favorito atualmente? Conte para nós em nossa seção de comentários e nos conte se conseguiu desativar Snapchat!

Junte-se a nós na nossa área de membros!
Faça login ou registre-se e receba as novidades em primeira mão.
Guarde artigos para ler mais tarde ou acesse aos seus favoritos.

Comente este artigo

* Campos de preenchimento obrigatório

Voltar ao topo