Teste de durabilidade: O Pixel é realmente resistente?
20 de outubro de 2016
Nenhum Comentário
Teste de durabilidade: O Pixel é realmente resistente?
Teste de durabilidade: O Pixel é realmente resistente?

Teste de durabilidade: O Pixel é realmente resistente?

Nenhum Comentário

Com o Pixel disponível nas lojas, é de se imaginar que muitas pessoas estejam imaginando se o novo smartphone do Google realmente vale a pena. Se pensarmos apenas em suas configurações técnicas e performance geral, o aparelho é realmente muito bom, mas será que ele é tão resistente como seus concorrentes? Esses testes de durabilidade geralmente nos permitem ver se o corpo do smartphone resiste à riscos, quedas, arranhões e outros danos comuns do cotidiano. Para saber como o Pixel se saiu, basta conferir o resultado logo abaixo!

Leia também: Pixel XL vs Nexus 6P: Quais as principais diferenças

O Pixel é resistente?

Apesar de parecerem sempre um pouco frágeis, a verdade é que os smartphones foram ficando cada vez mais resistentes ao longo dos anos. Se antes era fácil de riscar ou quebrar a tela do seu aparelho, hoje em dia é necessário um pouco mais de esforço para causar dados permanentes.

Isso não quer dizer que todos os dispositivos mobile sejam perfeitos. Aliás, é preciso ter bastante cuidado na hora de escolher um novo smartphone para ter certeza de que ele oferece a segurança e resistência que você precisa. No caso do Pixel, ainda não era possível saber se o Google realmente tinha caprichado na fabricação de seu primeiro smartphone oficial.

Com seu recente lançamento, diversos sites e canais do YouTube não perderam tempo em testar a resistência do aparelho, como já é de costume. Entre tantos, o canal “JerryRigEverything” fez um teste bem completo do dispositivo, como você pode conferir no vídeo abaixo.

O smartphone foi riscado em diversas partes, foi queimado e até passou pelo teste de entortamento, que ficou popular depois dos problemas dos iPhones mais recentes.

Com os riscos, o Pixel se saiu relativamente bem. Apenas riscos muito mais sérios conseguiram fazer algum dano no vidro Gorilla Glass 4 da tela do smartphone, como já era esperado. Já o painel de vidro na parte traseira não teve a mesma resistência e riscou com mais facilidade.

Ainda na parte traseira do celular, o alumínio foi testado com diversos tipos de riscos. Com uma faca é possível deixar marcas permanentes (o que é normal para esse material), mas riscos feitos com chaves ou moedas saem facilmente e não deixam qualquer marca. Esta é uma ótima notícia considerando que a maioria dos riscos feitos na traseira de smartphones são feitas com estes tipos de acessórios e outros modelos não tiveram a mesma durabilidade do Pixel.


google-pixel

Outra boa notícia é que o Pixel não teve o mesmo destino do iPhone no famoso teste de entortamento. Ao tentar pressionar o smartphone pela parte traseira, até é possível ver a tela saindo levemente do lugar, mas ela volta rapidamente e nenhum dano real é sofrido. Ao pressionar o aparelho pela parte da frente, o celular mal se move e prova sua resistência contra um possível entortamento.

Por fim, também foi possível conferir como o aparelho se comporta ao ser exposto ao fogo. No geral, não se percebe danos reais à performance dele, mas sua tela acabou ficando com um ponto branco que não voltou ao normal depois. De qualquer forma, é bem claro que o Pixel consegue oferecer uma boa experiência em durabilidade, mas ainda tem certas falhas que devem ser consertadas em suas versões posteriores.

O que achou dos testes?

Deu para ter uma noção melhor da durabilidade do Pixel após ver esses testes? Não esqueça de deixar seu comentário nos dizendo o que achou do novo smartphone do Google!


Seções:



Junte-se a nós na nossa área de membros!
Faça login ou registre-se e receba as novidades em primeira mão.
Guarde artigos para ler mais tarde ou acesse aos seus favoritos.

Comente este artigo

* Campos de preenchimento obrigatório

Voltar ao topo