7 fatos a considerar antes de trocar o Android pelo iPhone
18 de novembro de 2015
Nenhum Comentário
7 fatos a considerar antes de trocar o Android pelo iPhone
7 fatos a considerar antes de trocar o Android pelo iPhone

7 fatos a considerar antes de trocar o Android pelo iPhone

Nenhum Comentário

É muito fácil de se acostumar e até se acomodar com um tipo específico de sistema operacional, principalmente quando se trata de dispositivo mobile. Isso até acaba dificultando a transição quando decidimos trocar o Android pelo iPhone (ou vice-versa), por exemplo.

Os dois sistemas são bem diferentes e possuem pontos positivos e negativos do mesmo jeito, não sendo possível nomear qual é o melhor, afinal, isso depende muito da necessidade dos usuários. Mas ainda assim, é importante saber quais são estas diferenças antes de simplesmente decidir mudar de smartphone.

Exatamente por isso, nós preparamos uma lista com os 7 fatos mais importantes que você deve considerar antes de trocar o Android por um iPhone. Confira!

Leia também: Como recuperar fotos deletadas de um iPhone ou iPad (garantido!)

1. Liberdade

android vs appleEste é um dos fatores mais diferentes entre os smartphones Android e o iPhone. Enquanto os aparelhos com sistema operacional do Google oferecem quase uma liberdade total aos seus usuários, o iPhone ainda é extremamente fechado a uma experiência igual a todos os seus consumidores.

É claro que ainda é possível fazer o jailbreak, mas estamos falando da experiência comum de um usuário padrão e não de modificações deste tipo. No Android, você pode instalar temas, pacotes de ícones, explorar seus arquivos e pastas, instalar apps manualmente, etc. Se você está acostumado com este tipo de liberdade, é bom ter em mente que não é algo que encontrará no iOS.

2. Personalização

Como mencionamos acima, é possível instalar diversos temas e pacotes de ícones em seu smartphone Android, o que garante que você dê a aparência que quiser para o seu sistema operacional. Fora isso, você monta suas telas da maneira que quiser, com diversos Widgets disponíveis e formas de posicionar seus aplicativos. Isso permite que cada usuário tenha uma experiência distinta com seu aparelho e alta possibilidade de personalização.

Sem o jailbreak no iPhone, é possível apenas criar algumas pastas, mudar seus apps de lugar e trocar a imagem de fundo. Isso não é necessariamente algo ruim, já que alguns usuários preferem não ter que pensar muito nesse tipo de coisa e querem apenas usar o aparelho de forma simples. Se for o seu caso, talvez o iOS ofereça uma experiência melhor.

3. Apps pagos

A App Store e a Google Play (lojas oficiais de apps da Apple e Google) oferecem muitos aplicativos similares, mas o que alguns usuários não sabem é que a cobrança nem sempre é igual. Muitos apps e jogos que são gratuitos na Google Play acabam sendo cobrados na App Store.

Isso acontece simplesmente porque os desenvolvedores sabem que usuários de iPhone estão mais propensos a pagar por apps do que os usuários do Android. Isso também se deve muito ao fato de que é muito fácil baixar uma versão gratuita de qualquer app na internet e instalar no Android. Se realmente for trocar o Android pelo iPhone, lembre-se que talvez tenha que pagar um pouco mais por seus aplicativos.

4. Tela

trocar Android pelo iPhoneCom a reputação que a Apple tem de só oferecer produtos premium, é fácil de simplesmente acreditar que o iPhone tem uma tela incrível, mas a realidade é um pouco diferente. Enquanto o iPhone 6S oferece uma resolução com 326 pixels por polegada, o Galaxy S6 traz uma resolução ainda imbatível de 577 pixels por polegada.

Além disso, você também não tem uma variedade grande em questão do tamanho da tela em si, já que só dá para optar por 4,7 polegadas do iPhone 6S ou por 5,5 polegadas no iPhone 6S Plus.

5. Câmera

A câmera nunca foi o forte do iPhone, mas pelo menos tivemos uma boa melhoria no iPhone 6S, com uma câmera traseira de 12 megapixels (com gravação de vídeos em 4K ) e uma frontal de 5 megapixels. O problema é que há smartphones Android com câmeras de até 20 megapixels disponíveis no mercado.

Apesar de não ter muita variedade, a câmera do iPhone 6S ainda consegue fazer bastante com o que oferece e deve ser uma boa alternativa para a maioria de seus usuários. Caso a fotografia seja realmente importante para você, talvez seja uma boa ideia considerar outro smartphone.

6. Preço

Talvez um dos fatores mais agravantes entre o iPhone e os smartphones Android ainda seja o preço. Por mais que a Apple ofereça produtos de qualidade, o preço é mais justificado pela marca do que pelas características de seus aparelhos.

Isso acontece principalmente no Brasil, onde encontramos preços exorbitantes de quase 5 mil reais por um único iPhone 6S. Enquanto isso, é extremamente fácil de adquirir um Galaxy S6 Edge+ por pouco menos de 2 mil reais por aqui. Isso é definitivamente algo que você deve considerar com cuidado, já que não é exatamente um bom negócio pagar caro por um smartphone de configurações inferiores.

7. Opções

vantagens do Android sobre o iPhonePor último, temos que mencionar a falta de opções na hora de comprar um iPhone. Geralmente, só é possível escolher entre duas versões diferentes em aparelhos atuais (como o iPhone 6S e o 6S Plus), cujas variações se encontram mais no tamanho da tela e peso do que em configurações de hardware.

Já o Android pode ser encontrado em centenas de aparelhos e (de diversas fabricantes) com configurações bem diferentes. Isso obviamente dá muita liberdade ao consumidor na escolha de um dispositivo que realmente se encaixe em suas necessidades.

Vai trocar o Android pelo iPhone?

E aí, gostou das nossas dicas sobre as principais diferenças sobre o Android e o iPhone? Só não esqueça de deixar seu comentário nos dizendo se ainda pretende trocar seu robôzinho pela maçã!

Junte-se a nós na nossa área de membros!
Faça login ou registre-se e receba as novidades em primeira mão.
Guarde artigos para ler mais tarde ou acesse aos seus favoritos.

Comente este artigo

* Campos de preenchimento obrigatório

Voltar ao topo