Os 9 mitos que não se deve acreditar sobre Pokémon Go
14 de agosto de 2016
Nenhum Comentário
Os 9 mitos que não se deve acreditar sobre Pokémon Go
Os 9 mitos que não se deve acreditar sobre Pokémon Go

Os 9 mitos que não se deve acreditar sobre Pokémon Go

Nenhum Comentário

Faz pouco mais de um mês que Pokémon Go foi lançado, mas o sucesso que o jogo conseguiu foi realmente sem precedentes. Até pelo pouco tempo de existência e falta de informação oficial, muita gente acaba acreditando em rumores e boatos sobre o funcionamento do jogo e alguns de seus recursos. Na verdade, alguns desses mitos acabaram se tornando bem populares e são tidos como realidade por diversos jogadores, algo que pode até atrapalhar a forma que eles utilizam o app. Para você também cair nessa, nós separamos alguns dos maiores mitos de Pokémon Go e os desmascaramos. Confira logo abaixo!

Leia também: 10 dicas para ser um mestre em Pokémon Go

1. Girar o telefone vai chocar os ovos

pokemon go dicas

Durante sua jornada Pokémon, é comum encontrar diversos ovos nos PokéStops pelas ruas. Com eles em mãos, você pode incubá-los e andar alguns quilômetros para que nasça um novo monstrinho do ovo. O problema é que muita gente começou a postar “técnicas” para chocar estes ovos sem ter que ficar andando entre 2 e 10 km.

Algumas das dicas consistiam na pessoa amarrar o smartphone no ventilador e deixá-lo girando por certo tempo, algo que o aparelho classificaria como passos. Só que esses jogadores não levaram em conta que o game marca sua distância percorrida com base no GPS e na sua movimentação em vez de supostos passos em círculos. Se quiser algumas dicas melhores sobre como chocar os ovos do game, você pode conferir nosso tutorial neste link.

2. Listas de raridade dos monstrinhos

Poucos dias depois do lançamento de Pokémon Go, muitos jogadores fizeram listas do que seriam os monstrinhos mais raros e comuns de se encontrar por aí. Tudo isso era baseado no relato de algumas pessoas e parecia ser o suficiente para determinar a experiência de milhões de outros jogadores.

É claro que isso pode ser a verdade para quem fez as listas, mas está longe de ser para os demais jogadores do mundo. Enquanto é raro encontrar um Pinsir para alguns, é extremamente comum para outros, por exemplo. Os Pokémon que aparecem para cada um depende muito do lugar em que você se encontra, já que cada rua, bairro e região conta com alguns tipos de Pokémon mais comuns e isso varia totalmente.

3. Recuperar Pokéballs depois de usá-las

É normal jogar Pokéballs nos monstrinhos e errar a pontaria, algo que basicamente te faz desperdiçar o item. Embora seja fácil de encontrar as Pokéballs nos PokéStops, seria bem melhor se nós recuperássemos aquelas que perdemos antes, não é?!


Há quem diga que isso é possível se você tocar nelas rápido suficiente depois de usá-las. Como a animação na tela faz a Pokéball perdida sumir ao mesmo tempo que uma nova aparece, muita gente acabou acreditando nessa história. Infelizmente, itens usados não podem ser recuperados assim e você pode até fazer um teste ao verificar o número de Pokéballs que tem em sua mochila antes e depois de tentar recuperá-las.

4. Encontrar Pokémon do tipo fantasma em cemitério

pokemon times

Apesar do mito específico sobre monstrinhos do tipo fantasma em cemitério, isso vale para diversas situações diferentes. Os desenvolvedores do jogo não tem como verificar o que cada PokéStop ou local é na vida real para determinar a aparição de um Pokémon específico por lá.

É claro que você pode encontrar um Gastly em um cemitério, mas ele tem tantas chances de aparecer lá como em qualquer outro lugar.

5. Clima muda os Pokémon encontrados

Assim como Pokémon de certo tipo não aparecem em locais específicos, eles também não surgem especificamente por causa do clima. Muita gente achava que monstrinhos do tipo elétrico apareciam durante tempestades com trovões, mas isso seria extremamente absurdo.

Além de colocar seus jogadores em risco, os desenvolvedores de Pokémon Go ainda teriam um enorme trabalho para fazer isso realmente acontecer com precisão no mundo todo.

6. Pokémon que só aparece em certos horários

Apesar de ser uma real mecânica nos jogos tradicionais de Pokémon, você não irá encontrar um monstrinho específico apenas de dia ou de noite. O que pode acontecer (e que provavelmente foi responsável pelo início deste rumor) é que um Pokémon pode sempre aparecer num horário numa certa região.

Você pode muito bem encontrar um Caterpie todo dia por volta das 10h da manhã perto da sua casa, mas isso estará mais ligado ao fato deste Pokémon ser um dos comuns da sua região. Da mesma maneira, um Caterpie pode aparecer para outra pessoa todos os dias durante à noite, também baseado apenas no padrão em sua rua ou bairro.

7. Evolução do Eevee é baseada em seus ataques

pokémon go

Logo de início, muita gente se perguntou como funcionaria a evolução do Eevee em Pokémon Go, algo que já explicamos com detalhes neste artigo. O problema é que demorou um pouquinho para os desenvolvedores explicarem que a evolução era aleatória se não fosse manipulada pelo jogador.

Isso levou alguns a inventarem diversas teorias, sendo que uma delas era que o Eevee evoluiria de acordo com os ataques que tivesse disponível na hora de sua captura. Felizmente, já se sabe que isso não se passa de mais um mito.

8. Pokémon escondido na grama

Ao jogar, você já deve ter notado que há uma certa grama e folhinhas voando em algumas partes do mapa. Quando o jogo foi lançado, muita gente especulou que aquilo seriam pontos fixos onde certos Pokémon raros poderiam aparecer.

Nem precisamos falar que muitos jogadores perderam seu tempo ao ficarem parados perto dessas graminhas só esperando os tais Pokémon aparecerem, não é?! Em caso de dúvida, saiba que não há nenhum real uso para essa grama e que você pode ignorá-la por enquanto.

9. Google Maps Offline vai economizar seus dados

Recentemente, alguns jogadores comentaram sobre como você poderia baixar os mapas offline do Google Maps para economizar o uso de dados e bateria durante as partidas de Pokémon Go. O esquema parecia confiável e até alguns sites de tecnologia confirmaram o truque.

O problema é que um funcionário do Google que trabalha diretamente no Google Maps foi ao Twitter desmentir a história toda e dizer que isso definitivamente não funciona.

Gostou das dicas?

Deu para aproveitar nossas dicas para conhecer alguns dos mitos mais comuns de Pokémon Go? Se estiver com problemas no GPS, veja também nosso artigo ensinando como consertar esses erros na localização!


Seções:



Junte-se a nós na nossa área de membros!
Faça login ou registre-se e receba as novidades em primeira mão.
Guarde artigos para ler mais tarde ou acesse aos seus favoritos.

Comente este artigo

* Campos de preenchimento obrigatório

Voltar ao topo