Saiba como tornar seu Google Pixel a prova de água
28 de outubro de 2016
Um Comentário
Saiba como tornar seu Google Pixel a prova de água
Saiba como tornar seu Google Pixel a prova de água

Saiba como tornar seu Google Pixel a prova de água

Um Comentário

Apesar das diversas funcionalidades reveladas no Google Pixel, o primeiro smartphone produzido pela própria Google não possui uma função comum à maioria dos celulares disponíveis no mercado: resistência contra água. No entanto, não é necessário protegê-lo de toda e qualquer fonte de líquido. Usuários do novo celular Android já criaram maneiras de tornar o Google Pixel a prova de água, assim como o Pixel XL. Veja logo abaixo os diversos métodos inventados para proteger o aparelho.

O caminho óbvio: compre uma case à prova d’água

Se o celular não conta com a função, logicamente se torna ainda mais necessário escolher uma capa impermeável, que ajude o Google Pixel a não ser danificado em eventuais acidentes aquáticos com o aparelho.

Uma das marcas que contam com esse tipo de proteção é a Lifeproof FRE, que, além de proteção contra água, também protege aparelhos contra quedas e poeira. A marca já é comercializada no Brasil e também está disponível em modelos para iPhone, iPad Mini e os smartphones da linha Samsung Galaxy.

Encontre uma capa que sirva perfeitamente em seu Google Pixel e aproveite esta nova camada de proteção. Nós concordamos que as capas à prova d’água não são realmente muito bonitas, seu design normalmente é inteiramente funcional. Se isso te incomoda, considere colocá-lo na capa exclusivamente quando estiver saindo de casa em dias chuvosos, indo para a piscina, praia, ou quando for fazer outras atividades que podem colocar o aparelho em risco.

google-pixel-a-prova-de-agua-case

Torne seu Google Pixel a prova de água…ensacando-o!

Se uma capa não for o suficiente, que tal ensacar o seu smartphone? Normalmente visto em áreas costeiras e usados em passeios de barco, a desvantagem de colocar os telefones nesse tipo de sacola à prova d’água é que a usabilidade do aparelho acaba sacrificada, já que usar a tela de toque se torna bem mais difícil.

Ainda assim, usar esse tipo de capa é uma boa pedida para tornar o Google Pixel a prova de água, principalmente em locais onde as chances disso acontecer são maiores, como praias ou piscinas. Esta dica ainda pode acabar sendo útil durante dias chuvosos.

google-pixel-a-prova-de-agua-sacola


Evite algumas práticas para correr menos riscos

Alguns costumes podem colocar nossos smartphones em risco, principalmente os que não possuem esse tipo de proteção como o Google Pixel. Por conta disso, é recomendável não tomar certos riscos que passamos no cotidiano. Por exemplo, evite tirar seu telefone do bolso para checar novas mensagens durante dias chuvosos. O Pixel não chega a ser tão sensível a ponto de algumas gotas de chuva causarem algum dano real, mas, para evitar problemas maiores, recomendamos que espere chegar a um local coberto para conferir seu WhatsApp.

Outra recomendação é a de mantê-lo sempre em bolsos frontais ou em bolsas. Como o smartphone fica fora do campo de visão, é comum esquecer que ele está em um bolso traseiro. O que pode acontecer é, no momento de levantar ou abaixar a calça, o celular acabe caindo do bolso, batendo no chão ou, ainda pior, acabar indo parar em uma privada ou em uma poça de água. Não queremos perder o celular e ainda virar motivo de piada, correto?

google-pixel-a-prova-de-agua

A terceira e última recomendação é para quem, mesmo seguindo esses passos, acabou com o celular molhado. Nossa dica é que o coloque para secar o mais rápido possível, de modo a evitar que a água danifique algum componente. Use panos leves ou até mesmo a manga de sua camisa para limpar o molhado. No entanto, não utilize itens como secadores, já que o calor emitido pelo aparelho e a evaporação da água podem tornar os componentes quebradiços.

Caso seu Google Pixel acabe molhando, desligue o aparelho e remova qualquer conexão, especialmente o carregador imediatamente. Não sacuda o smartphone para fazê-lo secar mais rapidamente, pois isso pode acabar fazendo com que a água entre em locais ainda mais fechados (e críticos para o funcionamento) do aparelho. O que você pode fazer é colocá-lo em uma embalagem seca com saquinhos de sílica, aqueles que encontramos normalmente ao comprar lentes de câmeras ou mesmo em algumas caixas de remédio.

Existe também quem diga que colocar o smartphone em um compartimento com arroz branco seco tenha o mesmo efeito que os saquinhos de sílica. Porém, o problema é que algum grão pode acabar ficando preso em uma das entradas do aparelho o que não ajudaria nem um pouco a situação, apesar de isso ser improvável.

Definitivamente não coloque seu Google Pixel para secar ao sol, isso pode fazer com que ele sofra danos permanentes devido ao superaquecimento, especialmente relacionados ao tempo de vida e autonomia da bateria do aparelho. Se nada funcionar mesmo depois de secar o aparelho completamente, considere levá-lo à uma assistência técnica autorizada para ver se algo pode ser feito para recuperá-lo.

Encontre também no AppTuts:

Pretende adquirir um Google Pixel quando o celular chegar no Brasil?

Hoje o Google Pixel e sua versão XL já estão disponíveis no Brasil, assim como o concorrente iPhone 7 e sua edição Plus. Qual deles pretende adquirir em seus respectivos lançamentos? Compartilhe os métodos que descrevemos acima e comente conosco qual dos novos smartphones é o seu favorito!

Fonte: Android Central


Seções:



Junte-se a nós na nossa área de membros!
Faça login ou registre-se e receba as novidades em primeira mão.
Guarde artigos para ler mais tarde ou acesse aos seus favoritos.

Comente este artigo

* Campos de preenchimento obrigatório

1 Comentário

  1. Sarah Rainer 29 de abril de 2017 12:24

    Adorei o blog, meus parabens!!

Voltar ao topo