Apple TV+: Tudo o que você precisa saber
Nenhum Comentário
Apple TV+: Tudo o que você precisa saber
Apple TV+: Tudo o que você precisa saber

Apple TV+: Tudo o que você precisa saber

Nenhum Comentário

Hoje em dia existem diversos serviços de streaming, vindos de várias empresas diferentes. Temos a Amazon Prime Videos, a Netflix, o Hulu, HBO Go, dentre muitos outros.

A criadora dos iPhones não poderia ficar de fora nessa, por mais que sua plataforma do tipo, a Apple TV+, tenha chegado bastante atrasada em relação aos competidores. Foi lançada no Brasil recentemente com um preço bastante acessível, principalmente quando comparado a quanto seus rivais custam.

Nesse artigo, vamos analisar o que é, como funciona e se vale a pena para você, o usuário, assinar o serviço dessa empresa.

1. O que é o serviço?

A Apple TV+ é a mais nova plataforma de streaming de filmes e série do mercado, desenvolvida pela Apple. Foi oficialmente anunciada depois de meses de rumores em 25 de Março de 2019 e teve seu lançamento internacional em 01/11 em mais de 100 países, incluindo o Brasil.

Anúncio

Mesmo com um lançamento tão recente, já conta com milhões de assinantes, que, em média, gastaram mais de uma hora cada no serviço, o que é um excelente sinal para a empresa e ajuda a garantir a continuidade das séries oferecidas.

Custa o modesto preço de R$ 9,99 por mês no nosso país, o que é uma barganha se levar em consideração que, nos Estados Unidos, custa $ 4,99 dólares por mês e que uma assinatura oferece acesso a até 5 pessoas além de você. A plataforma oferece, ainda, um período de testes grátis de 7 dias antes de você realizar qualquer pagamento.

Você também pode realizar a assinatura de universitários no serviço de música, o Apple Music e ganhar acesso à Apple TV+ sem pagar nada a mais. E, considerando que esse plano do serviço de música custa apenas R$ 8,50, não tem porquê não tirar proveito disso.


A empresa está com uma excelente oferta onde, ao comprar um novo iPhone, iPad, iPod touch, Apple TV ou Mac na última versão do iOS, iPadOS, tvOS ou macOS na loja da Apple ou de algum revendedor autorizado, ganha um ano grátis de acesso ao seu novo serviço. O usuário tem um período de três meses após a compra para ativar seu ano gratuito.

2. Catálogo

A Apple TV+ oferece em seu catálogo apenas programas originais, todos disponíveis em resolução 4K com som Dolby Atmos produzidos e licenciados pela própria Apple. Promete lançamentos mensais de novos conteúdos, para que o usuário nunca fique sem o que assistir e permite o download para ver offline de todas as mídias que oferece.

Algumas das séries oferecidas estão listadas abaixo, com suas respectivas sinopses.

The Morning Show é, provavelmente, a série que a empresa mais propagandeou e com boa razão, já que conta com excelentes atores e atrizes, tais como Jennifer Aniston, Steven Carell e Reese Witherspoon. Conta a história de como uma âncora da TV lida com a demissão de seu parceiro de 15 anos e como ela muda a maneira com que trabalha.

Catálogo Apple TV+

See é uma série que se passa num futuro distópico em que um vírus arrasou a humanidade e quem sobreviveu é cego, há gerações. Contudo, em uma tribo nascem gêmeos que conseguem ver e que acabam por ser perseguidos pela rainha de outra. Conta com Jason Momoa e Alfre Woodard em seu elenco.

For All Mankind se passa em um universo alternativo, onde ao contrário daqui, a União Soviética ganhou a corrida espacial e foi a primeira a colocar um humano na lua, um evento que ficou conhecido como a Lua Vermelha. Com isso, mostra como seria se os EUA e a União Soviética estivessem realizando uma nova corrida espacial.

Dickinson é uma série que se passa no século 19 sobre o amadurecimento da jovem Emily Dickinson (interpretada por Hailee Steinfeld) e sua luta para ser ouvida e respeitada,  em episódios muito bem humorados com aproximadamente meia hora de duração cada.

Helpsters é uma série feita com marionetes com o objetivo de ser educacional para crianças na idade de pré-escola, ensinando os conceitos mais fundamentais de programação desde bem cedo. É produzido pela mesma equipe que fez a Vila Sésamo.

O Fantasma Escritor é um reboot da série com o mesmo nome do começo dos anos 90; é uma série de aventura infantil, onde quando um fantasma começa a assombrar as livrarias e bibliotecas locais e trazendo personagens fictícios à vida real, quatro crianças se juntam para resolver esse mistério.

Catálogo Apple TV+

Além dessas, tem algumas outras séries e filmes que também já estão disponíveis no serviço e outras que já tem data de lançamento prevista: você já pode assistir The Elephant Queen e Snoopy no Espaço; o filme Hala estará disponível no dia 22/11 e as séries Servant e Truth be Told nos dias 26/11 e 06/12, respectivamente.

Graças à popularidade inicial do serviço, tem diversas fontes não oficiais relatando que quatro das séries já foram renovadas para novas temporadas, mesmo que apenas uma delas tenha tido todos os seus episódios liberados na estreia, com o resto sendo no modelo de um episódio semanal, após os 3 primeiros que saíram, também, na estreia.

Todos os conteúdos são oferecidos com dublagem e legendas em quase 40 idiomas diferentes, contando também com legendas específicas para pessoas com deficiências auditivas. Conta, também, com descrição de áudio em 8 idiomas.

3. Suporte

A Apple TV+ está disponível principalmente em plataformas da empresa: iOS, iPadOS, macOS e Apple TV, todos na versão mais recente de software e também possui uma versão para navegador.

Compatibilidade Apple TV+

Além dessas, também funciona em diversas Smart TV da Samsung, nos dispositivos Roku, na Amazon Fire TV, em algumas Smart TV da LG e promete que, em breve, terá suporte às Smart TVs da VIZIO.

4. Concorrência

Existem muitos sites para assistir files e séries online. Os maiores concorrentes da Apple TV+ são a Netflix e a Amazon Prime Video. A primeira delas é considerada a maior plataforma de streaming de filmes e séries do mundo, com milhares de filmes e séries em seu catálogo e mais de 150 milhões de assinantes no mundo.

A segunda é o competidor da Amazon, que possui um amplo catálogo de produções de terceiros e produções próprias. Seus números, contudo, são menores, então quase tudo que tem nesse, tem na Netflix, mas o oposto não é verdadeiro.

Quanto a preços, a Netflix é, de longe, a mais cara de todos, com seu plano mais barato custando mais que o dobro dos outros serviços. Tem três planos, o mais básico a R$ 21,90, o intermediário, que permite assistir em até 2 telas, por R$ 32,90 e o mais caro, que tem resolução UHD e permite até 4 telas, por R$ 45,90.

Concorrência Apple TV+

A Amazon Prime Video custa apenas R$ 7,90 pelos primeiros 6 meses e R$ 14,90 depois, com acesso a até 3 telas simultâneas. Além disso, o usuário ainda pode assinar o Amazon Prime, que chegou em nosso país em setembro, por R$ 9,90 por mês, que vem com diversas outras coisas, incluindo o Amazon Prime Music, Prime Reading e frete grátis.

5. Como utilizar o Apple TV+

Vamos começar falando sobre o que precisa fazer para realizar a assinatura do serviço: é necessário ter uma Apple ID. Se você ainda não tem uma, precisa criá-la, o que é um processo bem simples, que cobrimos nesse guia de como criar uma Apple ID.

Se já possui, vá até o site oficial da plataforma, realize o login com sua Apple ID e clique em “Iniciar teste gratuito” e siga o passo a passo disponível no site. Se não gostar do serviço, pode muito facilmente cancelar o teste antes de acabar sua duração e não realizará nenhum pagamento.

Se você comprou um produto Apple recentemente, como o novo iPhone 11 ganhou um ano de Apple TV+. Ao entrar no site e realizar o login, vai aparecer uma tela dizendo “Aproveite um ano grátis”. Clique em continuar e confirme a “compra”.

Agora que já tem acesso ao serviço, você provavelmente vai querer assistir alguma coisa que ele oferece. Para isso, tem algumas maneiras diferentes dependendo de qual dispositivo está usando.

Se estiver acessando por um iPhone, iPad, iPod Touch, Mac ou Apple TV, abra o app “TV”, clique em “Seguintes”, onde vai mostrar todas as séries que tem por assistir ou clique em “O que assistir” ou ainda selecione o que quer assistir e clique em “Reproduzir episódio” ou vá até o fim da página e clique na nuvem de download para assistir offline.

Para assistir por algum navegador, vá à página inicial do serviço, clique em “Iniciar sessão” no canto superior direito da tela, realize o login com sua Apple ID e clique em “Reproduzir episódio” para começar a assistir ou em “Ir para o programa” para ver mais informações sobre a série.

Como Usar Apple TV+

O serviço da criadora dos iPhones oferece, ainda, a possibilidade de ativar controle parental para restringir o que os pequenos podem assistir. Para fazer isso, vá até a página da plataforma, realize login, clique em sua “conta” no canto superior direito, clique em “Ajustes da conta” no menu que abrir. Daí é só configurar como quiser.

A Apple TV+ foi criada com a ideia de que você pode acessar os conteúdos em qualquer aparelho compatível e seguir assistindo exatamente do ponto onde parou. Para fazê-lo, é preciso “pausar” o que está vendo e, em outro aparelho, clicar na série que está na opção “Seguintes”.

Se o usuário desejar cancelar a assinatura, basta clicar em sua conta no canto superior direito da tela inicial da Apple TV+, em “Ajustes de conta” ir até o fim da página, onde terá um botão de “Gerenciar”. Clique nele, em “Cancelar assinatura” e confirme. Se cancelar o ano que ganhou gratuitamente, não pode reativá-lo ou ganhar outro.

6. Compartilhamento familiar

Com a Apple TV+, você pode assistir em até 6 telas simultaneamente através da ferramenta de compartilhamento familiar, com 6 contas diferentes interconectadas. O preço do plano é o mesmo, independentemente de se essa ferramenta está ativa ou não.

Para ativar é bem simples, mas lembre-se de que só pode estar em um grupo familiar. Para criá-lo nos smartphones, clique em “Ajustes, no seu nome, em “Compartilhamento Familiar” e em “Comece a Usar”; já no Mac, vá no menu “Apple”, “Preferências do Sistema” e em “Compartilhamento Familiar”. Depois, siga as instruções na tela.

Compartilhamento Familiar Apple TV+

Para adicionar membros ao grupo familiar, você deve seguir os mesmos passos anteriores, ir até o “Compartilhamento Familiar” e nele clicar no botão “Adicionar Familiar”

7. Resolução de problemas

Se, por algum acaso, ocorrer algum problema, tem alguns passos que o usuário pode seguir para tentar resolvê-lo.

Primeiro, tente deslogar de sua Apple ID e refazer o login se tiver algum problema relacionado ao download. Segundo, reiniciar ou até mesmo formatar o seu dispositivo compatível e, por fim, garanta que o Compartilhamento Familiar está configurado corretamente. Se nada disso funcionar, entre em contato com a Apple através desse link.

Então, o que achou da nossa análise do Apple TV+?

Esperamos que tenha gostado do que viu e que tenha sido útil para você. Deixe nos comentários o que você acha dessa nova plataforma e se você acha que vale a pena trocar o seu serviço de streaming atual por esse ou assiná-lo em conjunto com o que já usa.





Junte-se a nós na nossa área de membros!
Faça login ou registre-se e receba as novidades em primeira mão.
Guarde artigos para ler mais tarde ou acesse aos seus favoritos.

Comente este artigo

* Campos de preenchimento obrigatório

Voltar ao topo