O que é iOS: tudo que precisa saber sobre o sistema da Apple
2 Comentários
O que é iOS: tudo que precisa saber sobre o sistema da Apple
O que é iOS: tudo que precisa saber sobre o sistema da Apple

O que é iOS: tudo que precisa saber sobre o sistema da Apple

2 Comentários

Dispositivos móveis da Apple e o termo iOS caminham junto desde os primeiros iPads fabricados e comercializados pela empresa – antes disso, seu nome era iPhone OS. Mas nem sempre fica realmente óbvio o significado do iOS e o seu papel nos aparelhos. Por isso, hoje vamos responder uma vez por todas o que é iOS e apresentar tudo o que você precisa saber sobre o sistema da Apple.

Conheça mais sobre a origem do sistema operacional, suas versões e quais dispositivos o utilizam hoje, assim como quais são os principais aplicativos oferecidos nativamente pela desenvolvedora para iPhone, iPad e outros aparelhos. Vamos lá?

O que é iOS?

O iOS é um sistema operacional desenvolvido pela Apple que pode ser encontrado no iPhone, iPad e iPod Touch da empresa, visto que os notebooks da empresa utilizando o MacOS e os relógios inteligentes o watchOS.

Ele é responsável por interpretar os comandos e servir como ponte entre as entradas de comandos do usuário (você) e o funcionamento dos diversos aplicativos e processos que rodam no sistema, como armazenamento de arquivos, entre outros. Para exemplificar, o Android, da Google, também é um sistema operacional que cobre a mesma função, assim como o Windows, Linux, entre outros.

Então, sempre que alguém falar sobre iOS, estão falando sobre o sistema operacional do dispositivo e, essencialmente, tudo que seu smartphone é capaz de fazer depende deste sistema para funcionar corretamente.

O que é iOS da Apple

Funcionalidades do iOS

Como mencionamos, existem vários recursos nativos do iOS. Mas, diferente do que você possa estar pensando, sobre aplicativos como o iTunes, iMovie para edição de vídeos e outros apps semelhantes, quando falamos de sistema operacional, estamos falando dos processos responsáveis pelo controle de entrada e saída e o funcionamento de recursos primários dos dispositivos, como por exemplo:

Tela inicial

A tela inicial que você visualiza ao ligar seu iPhone, por exemplo, na verdade é um processo também chamado de SpringBoard, responsável por gerenciar os ícones e atalhos inclusos e possui uma barra superior onde exibe dados como o horário do aparelho, nível de bateria, sinal WiFi, Bluetooth e outras informações. Além disso, a SpringBoard também é responsável por processas as buscas de mídias através da função de pesquisa ou exibir o plano de fundo escolhido no aparelho – que aliás só pôde ser alterado a partir da atualização do iOS 4.


Pastas

Também incluso na atualização do iOS 4, o processamento de criação de pastas com ícones de aplicativos também faz parte das tarefas do sistema operacional. Essas pastas são criadas quando você arrasta um ícone de um app sobre outro, por exemplo, colocando dois ou mais aplicativo em um mesmo “bloco” disponível na tela do smartphone ou tablet.

Central de notificações

Aquela tela que você acessa ao arrastar o dedo para baixo na tela de dispositivos iOS é conhecida como central de notificações. Ela também é uma das funções do sistema operacional e é responsável por organizá-las e permitir que usuários possam controlar suas notificações.

Central de controle

Já a tela onde você pode ativar ou desativar recursos como o Bluetooth, WiFi, modo avião, opções de brilho, entre outros é conhecida como a central de controle, que pode ser acessada ao arrastar o dedo de baixo para cima na tela do dispositivo. A central de controle também oferece conveniência ao suportar os controles de áudio quando você ouve músicas no iOS.

Siri

Agora que sabe o que é iOS, talvez esteja em dúvida se a Siri é um aplicativo externo ou se faz parte do sistema operacional. No caso, considerando o nível de acesso entregue à assistente virtual dos dispositivos Apple, certamente você pode ter certeza que ela é um processo incluso também como parte do OS (Operating System). É exatamente por isso que ela consegue realizar tantas funções, como abrir aplicativos, pesquisas coisas, tocar músicas e muito mais.

Existem ainda diversas outras funções e se fossemos listar todas elas o artigo ficaria realmente complexo. Portanto, essencialmente você pode pensar que tudo que é processado em seu iPhone, iPad ou iPod Touch é responsabilidade do iOS e, se houver algum problema com o sistema operacional, todo o funcionamento do aparelho pode ser comprometido, pois ele é a base para que o resto funcione – se não considerarmos o hardware e peças físicas (como processador, bateria, etc) do aparelho.

O que é iOS - Siri

Aplicativos nativos do iOS

Agora que sabe o que é iOS e seus processos básicos podemos falar sobre os aplicativos nativos. Estes sim envolvem basicamente todos aqueles que já vem instalados e disponíveis em seu dispositivo desde a primeira configuração ao ligar o aparelho após comprá-lo.

Além disso, os aplicativos nativos estão sempre presentes mesmo quando você restaura o aparelho para configurações de fábrica. Os aplicativos nativos do iOS são:

  • Ajustes
  • App Store
  • Apple Watch
  • Apple TV App
  • Buscar Meu Dispositivo
  • Banca
  • Bolsa
  • Bússola
  • Calculadora
  • Carteira
  • Calendário
  • Câmera
  • Contatos
  • Dicas
  • FaceTime
  • Fotos
  • Game Center
  • Gravador
  • iBook
  • iTunes
  • Lembretes
  • Mensagens
  • Mapas
  • Músicas
  • Notas
  • Notícias
  • Passbooks
  • Podcasts
  • Saúde
  • Tempo
  • Vídeos

A lista é realmente grande, não é? Mas agora porquê todos estes apps vêm instalados em seu dispositivo.

iPad e iPhone

Versões do iOS

É importante mencionarmos que mesmo explicando o que é iOS você deve considerar que o sistema operacional já sofreu diversas alterações e recebeu múltiplas melhorias desde seu lançamento. Estas melhorias normalmente acontecem com grandes pacotes de alterações conhecidos como versões do sistema. Com lançamento para Setembro de 2019, a versão mais recente do iOS é o iOS 13 no momento da escrita deste conteúdo.

Se está curioso para saber quando as outras versões foram lançadas, segue as datas:

  • iPhone OS 1 – Junho de 2007 (junto ao lançamento do iPhone original);
  • iPhone OS 2 – Julho de 2008;
  • iPhone OS 3 – Junho de 2009;
  • iOS 4 – Junho de 2010;
  • iOS 5 – Outubro de 2011 (a primeira versão que incluía o armazenamento na núvem iCloud);
  • iOS 6 – Setembro de 2012 (esta versão trouxe mais de 100 recursos para os dispositivos);
  • iOS 7 – Setembro de 2013 (a primeira versão com a Siri);
  • iOS 8 – Setembro de 2014 (apresentando compatibilidade com o Apple Watch em 2015);
  • iOS 9 – Setembro de 2015;
  • iOS 10 – Setembro de 2016;
  • iOS 11 – Setembro de 2017;
  • iOS 12 – Setembro de 2018;
  • iOS 13 – Setembro de 2019;

Vale mencionar que as atualizações também trazem melhorias de segurança, velocidade e muito mais para os dispositivos. Além disso, existem atualizações menores que trazem correções entre o lançamento de uma grande versão e outra, sempre que necessário. Você pode clicar nos links das versões acima para conferir retroativamente as novidades das versões 10 à 13, anunciadas este ano.

iOS 13

E então, descobriu o que é iOS?

Conseguimos ajudá-lo a entender melhor tudo sobre o sistema operacional dos dispositivos móveis da Apple? Conta pra gente nos comentários se este artigo foi útil e aproveite também para conferir as novas funções do Apple Watch 5!


Seções:



Junte-se a nós na nossa área de membros!
Faça login ou registre-se e receba as novidades em primeira mão.
Guarde artigos para ler mais tarde ou acesse aos seus favoritos.

Comente este artigo

* Campos de preenchimento obrigatório

2 Comentários

    Voltar ao topo