8 motivos para não comprar o iPhone 11
18 de setembro de 2019
Nenhum Comentário
8 motivos para não comprar o iPhone 11
8 motivos para não comprar o iPhone 11

8 motivos para não comprar o iPhone 11

Nenhum Comentário

Anunciado em 10 de Setembro neste ano no evento da Apple, o iPhone 11 trouxe algumas surpresas e novidades – como mais especificamente sua câmera na versão Pro do aparelho. Entretanto, será que as inovações do novo modelo realmente são motivo suficiente para justificar uma compra? Para ajudá-lo a avaliar bem antes de gastar muito, trouxemos uma lista de motivos para não comprar o iPhone 11.

Avalie com cuidado e não deixe de considerar estes pontos negativos quando comparado-o à smartphones lançados em 2019 que cobrem a mesma categoria de aparelhos premium – apesar de que outras marcas não oferecem o revolucionário serviço do Apple Card. Sem mais delongas, vamos à lista.

1. Preço realmente alto

Certamente um dos maiores motivos que irá fazer com que consumidores decidam não comprar o iPhone 11 é o seu preço. Apresentado pela Apple, o modelo básico (não Pro) do iPhone 11 têm sua faixa de preço iniciando à partir de $ 699, enquanto o modelo Pro pode ser adquirido à partir de $ 999 e a Pro Max à partir de $ 1099.

No Brasil, é difícil imaginar qual será o valor final deste aparelho quando convertido para reais, mas considerando que o iPhone pode ser encontrado por mais de R$ 4200,00 é bom começar a preparar o bolso.

2. Design nada inovador

Avaliando de perto, exceto pela alteração realmente marcante na câmera – que não necessariamente deixa o aparelho mais bonito – o design do iPhone 11 deixa muito a desejar. Ele não é muito diferente do iPhone XR, por exemplo.

iPhone 11 Design

Claro, normalmente as diferenças de design não são muito significativas nos lançamentos da Apple, já temos visto isso há alguns anos. Pelo menos é possível dizer que o iPhone 11 realmente se destaca com a câmera traseira e sua grande variedade de cores, como pode notar na imagem acima.

3. Não apresenta o 3D Touch

Assim como o iPhone XR, este recurso foi substituído pelo Haptic Touch, que nada mais é do que um recurso para toques longos. O Haptic Touch funciona bem, mas a verdade é que ele não traz a quantidade de opções e funcionalidades que tínhamos acesso através do 3D Touch da Apple.


O sistema antigo nos permitia realizar uma enorme variedade de comandos no iPhone, enquanto esta versão nova não é ao menos capaz de reconhecer a força aplicada à tela (que servia como indicador para alguns recursos do 3D Touch).

Pode não ser uma alteração muito grande ou o suficiente para você não comprar o iPhone 11, mas o mais provável é que não veremos mais nenhum novo lançamento com a tecnologia mais completa anteriormente utilizada – até mesmo porque seu desenvolvimento era mais caro.

4. Display LCD

Diferente de modelos com melhor tecnologia, o iPhone 11 não oferece uma tela com tecnologia OLED, mas sim apenas uma tela de 6.1″ polegadas de LCD. Com isso, você não terá acesso ao mesmo contraste e clareza de cores que outros aparelhos na categoria.

Além disso, a resolução da tela também não é tão alta quanto outros smartphones já oferecem. Com apenas 1792 x 828 pixels, você terá acesso à uma tela boa até mesmo para jogos no iPhone, mas nem um pouco surpreendente, especialmente considerando o custo benefício. Enquanto isso, o iPhone 11 Pro apresenta uma tela de 2436 x 1125 pixels que é extremamente superior.

5. Bordas grossas na tela

Outro fator também inerente à tela e design do iPhone 11 que nos deixou bastante desapontados foram as bordas realmente grossas na lateral. Hoje, já é possível encontrar modelos mais baratos e tão potentes que oferecem telas que preenchem quase toda a superfície frontal do aparelho.

Bordas grossas

Não há como dizer porquê a Apple insiste em fazer telas neste modelo – como você pode observar no site oficial dedicado ao aparelho -, mas certamente é visível como o espaço poderia ter sido melhor aproveitado para otimizar a qualidade do display.

6. Não suporta 5G

Este pode ser um dos maiores motivos para não comprar o iPhone 11. O 5G é uma tecnologia de rede que traz melhorias significativas à qualidade e velocidade da conexão especialmente para dispositivos móveis e, mesmo que ela já esteja sendo utilizada em alguns países, o iPhone 11 não dá suporte à mesma – enquanto outros smartphones lançados neste ano cobrem esta funcionalidade.

Ao invés disso, eles apenas vêm equipados com um “gigabite-class LTE”, que nada mais é que uma versão um pouco mais rápida que o padrão 4G LTE. Esta tecnologia também está presente no iPhone XS, por exemplo, apesar da Apple ter informado que no iPhone 11 ela seria ainda melhor.

7. Não oferece USB-C

Mantendo o mesmo padrão que outros lançamentos anteriores da Apple, o iPhone 11 ainda não traz compatibilidade com a tecnologia USB-C e oferece apenas o USB Lightning. Um dos maiores motivos para isso é manter a compatibilidade com todos os acessórios que são compatíveis apenas com o USB Lightning presente nos smartphones anteriores. Mesmo assim, o resultado final é um aparelho que não oferece uma tecnologia mais atual e significativamente mais potente.

8. Não é o iPhone 11 Pro

Se você já estiver decidido em adquirir um modelo mais atual da Apple, a verdade é que vale a pena considerar comprar o iPhone 11 Pro e não comprar o iPhone 11 padrão. Claro, isso é intencional, mas se considerar os grandes diferenciais apresentados pelo modelo Pro ou Max e comparar ao custo benefício, pode valer a pena para você juntar um pouco mais e adquirir a versão otimizada.

iPhone 11 Pro

No mínimo, você terá acesso às potentes câmeras triplas na traseira do smartphone – um dos maiores destaques do novo modelo da Apple e que cobriu grande parte de sua apresentação, mesmo que a rival Xiaomi já tenha aparelhos com este número de lentes. Mas claro, prepare o bolso, pois não se espera que a diferença de valor em reais ao ser lançado no Brasil seja pequena. Você pode comparar entre o padrão e o Pro diretamente no site oficial.

E então, ainda acha que vale a pela comprar o iPhone 11?

Agora que você conhece os principais pontos negativos do iPhone 11, não deixe de contar para gente nos comentários o que achou do aparelho. Se ainda está convencido que vale a pena o custo benefício pela possibilidade de utilizar um modelo mais recente e com sistema operacional iOS, talvez prefira ler nosso artigo com 7 motivos para comprá-lo.


Seções:



Junte-se a nós na nossa área de membros!
Faça login ou registre-se e receba as novidades em primeira mão.
Guarde artigos para ler mais tarde ou acesse aos seus favoritos.

Comente este artigo

* Campos de preenchimento obrigatório

Voltar ao topo