9 dicas para proteger seu iPhone de malwares e vírus
10 de outubro de 2015
Nenhum Comentário
9 dicas para proteger seu iPhone de malwares e vírus
9 dicas para proteger seu iPhone de malwares e vírus

9 dicas para proteger seu iPhone de malwares e vírus

Nenhum Comentário

É bem comum que os usuários do iPhone achem que o smartphone da Apple não tem como ser infectado por malwares, mas infelizmente isso já não é mais verdade. Nos últimos anos, vimos alguns bons exemplos de como estes dispositivos podem ser afetados  e como estes malwares podem ser facilmente infiltrados sem que o usuário perceba, exigindo medidas para proteger seu iPhone.

Por isso, é de extrema importância que se tome bastante cuidado, afinal, achar que o aparelho está imune geralmente faz com que o usuário aja de forma mais imprudente que o normal. Então, nada melhor do que conhecer algumas dicas que podem ser bem úteis para proteger seu iPhone de malwares, não é?! Confira nossa lista abaixo:

1. Conheça os riscos

como proteger seu iphoneO primeiro passo para proteger seu iPhone de vírus é saber que o risco de malwares existe, afinal, isso já o deixa bem mais precavido e consciente da necessidade de tomar mais cuidado. Uma dica que podemos dar é que você sempre dê uma pesquisada na internet para saber sobre possíveis ameaças recentes que possam ter invadido iPhones ao redor do mundo.

Há pouco tempo, um malware chamado XcodeGhost conseguiu se infiltrar em milhares de smartphones da Apple através de aplicativos baixados na própria App Store. Isso deixa claro que não é mais necessário que você tenha feito o jailbreak para começar a se preocupar com a infecção de malwares e qualquer aparelho está vulnerável à ataques deste tipo.

Leia também: 7 dicas para reduzir o uso de dados no iPhone

2. Não faça o jailbreak em seu iPhone

É claro que tínhamos que falar mais sobre o jaibreak mencionado no tópico acima, já que ele abre ainda mais portas para possíveis malwares no seu iPhone. É claro que ao realizar este procedimento, você ganha alguns benefícios bem bacanas, tem a possibilidade de instalar ainda mais apps e de ter um acesso bem mais abrangente ao sistema, mas os riscos podem não valer a pena.

Ao remover todas as restrições impostas pela Apple, você também remove boa parte da segurança que a empresa tenta oferecer com seu sistema fechado. Você estará mais vulnerável à apps maliciosos e demorará para receber atualizações, o que por si só pode trazer riscos de segurança já que qualquer bug ou problemas descobertos na versão do seu iOS não serão corrigidos por um tempo maior que o normal.

3. Se fizer, tenha cuidado

Se você já tiver realizado o jailbreak ou estiver com certeza de vai fazer o procedimento mesmo assim, só podemos recomendar que tenha bastante cuidado com seu iPhone. Afinal, fazer o jailbreak não significa que malwares virão voando para atacar seu dispositivo automaticamente e esse tipo de coisa depende completamente da maneira que o usuário se comporta e utiliza seu iPhone.


Uma dica muito importante que podemos dar neste caso é que você sempre use o Cydia (o software que possibilita a instalação de apps que não estão na App Store), já que ele é bem mais conhecido e seguro que os outros programas do tipo, mesmo que ainda não consiga oferecer uma segurança do nível da App Store.

Também é necessário que você escolha seu aplicativos com muito cuidado e pesquise muito antes de instalá-los. Mesmo que muitas pessoas falem bem de um app específico, há chances dele estar infectado com um malware, então lembre-se de ser bem precavido neste aspecto.

4. Mantenha o dispositivo atualizado

malwares no iphoneComo dissemos mais cedo, manter seu iPhone atualizado é extremamente importante já que são exatamente as atualizações que garantem que qualquer falha de segurança ou bug no sistema sejam corrigidos antes que alguém possa se aproveitar destes problemas de forma maliciosa.

E não estamos falando apenas das grandes atualizações e novas versões do iOS que saem a cada ano com os novos dispositivos da Apple, mas das pequenas atualizações que são lançadas com mais frequência com a intenção de consertar estes possíveis probleminhas. Estas atualizações são sempre avisadas através de notificações em seu aparelho, então nem há desculpa para deixar seu iPhone desatualizado!

Leia também: Como recuperar mensagens deletadas do Whatsapp no iPhone

5. Use apenas computadores confiáveis

Temos certeza que este risco nem passa pela cabeça da maioria dos usuários do iPhone, mas também é necessário ter muito cuidado com os lugares em que você conecta seu smartphone. Faça isso apenas em computadores confiáveis e evite conectar o aparelho em dispositivos públicos para proteger seu iPhone.

Pode parecer exagero, mas em 2013 foi descoberto que era possível  esconder um pequeno dispositivo em carregadores públicos de iPhones para obter acesso de informações dos aparelhos que fossem conectados neles. Por isso, pense duas vezes antes de sair ligando seu iPhone em qualquer lugar.

6. Instale apps anti-malware

Não há muitos aplicativos anti-malware na App Store para proteger seu iPhone, mas você ainda pode encontrar alguns, como o Lookout (que pode ser baixado neste link). Ele é bem confiável e funcional, tendo uma excelente reputação entre usuários do Android há um bom tempo.

Ele também oferece alguns recursos interessantes que ajudam a encontrar iPhones perdidos e a fazer backup de muitos de seus arquivos. O Lookout ainda é completamente gratuito e realmente vale a pena para ter um pouco mais de segurança em seu iPhone.

7. Evite perfis estranhos

virus no iphoneAlguns desenvolvedores podem estabelecer perfis de configuração para que seus apps possam ser instalados corretamente ou para que seja possível se conectar à redes sem fio. Até aí, isso é perfeitamente normal e útil em muitos casos, mas sempre é bom ficar de olho para ver se há perfis estranhos no seu iPhone.

Para fazer isso, basta ir em “Ajustes”, selecione a aba “Geral” e procurar pela opção de gerenciamento de perfis. Lá, você deverá ver coisas relacionadas aos apps que você instalou em seu smartphone, mas se encontrar qualquer coisa estranha ou relacionada a algo que você não instalou, é melhor remover imediatamente. Pode ser algum tipo malware com acesso ao seu iPhone sem que você saiba.

Dica de artigo: 10 dicas para tirar fotos perfeitas com o iPhone

8. Não navegue por sites estranhos…

Sites de origem duvidosa também contribuem para que o seu iPhone apanhe alguns vírus ou malwares. O Safari garante, à partida, maior segurança neste quesito, pois envia um alerta cada vez que um site tentar enviar um malware para o seu smartphone. Não ignore esses avisos…

9. Restaure o seu iPhone!

Se por acaso foi infetado por algum vírus, não se preocupe. Afinal de contas, sempre existe uma forma de contornar isso. Quando vir alguma mensagem a dizer que foi infetado ou tem suspeitas que isso aconteceu, o melhor que pode fazer é restaurar o seu iPhone. Se não sabe como fazer, este artigo certamente vai ajudá-lo.

E então, aproveitou nossas dicas para proteger seu iPhone de malwares e apps mal intencionados? Deixe seu comentário dizendo o que achou das nossas recomendações, se elas puderam te ajudar de alguma maneira ou se você ficou com alguma dúvida sobre o assunto!

Leia também:


Seções:



Junte-se a nós na nossa área de membros!
Faça login ou registre-se e receba as novidades em primeira mão.
Guarde artigos para ler mais tarde ou acesse aos seus favoritos.

Comente este artigo

* Campos de preenchimento obrigatório

Voltar ao topo