7 dicas infalíveis para manter seu navegador seguro
Nenhum Comentário
7 dicas infalíveis para manter seu navegador seguro
7 dicas infalíveis para manter seu navegador seguro

7 dicas infalíveis para manter seu navegador seguro

Nenhum Comentário

Além de procurar meios de proteger o seu computador contra vírus e Malwares, também é extremamente importante ter precaução com seu navegador de internet, já que ele também está bem suscetível à possíveis ataques. Felizmente, algumas medidas bem básicas podem ser o suficiente para garantir um navegador seguro e limpo.

Para saber mais, é só conferir algumas dicas infalíveis para manter o seu navegador seguro!

Leia também: 14 melhores aplicativos de antivírus para Android

1. Mantenha o navegador atualizado

navegador seguro

Por mais óbvia que esta dica pareça, ela também é uma das mais úteis para que você mantenha seu navegador seguro. Geralmente as atualizações servem exatamente para consertar erros graves que podem ser explorados por pessoas com intenções maliciosas.

Atualmente, os browsers que mais recebem atenção de seus desenvolvedores ainda são o Google Chrome e o Mozilla Firefox. Também é uma boa ideia deixar a opção de atualizações automáticas ativada como ela por padrão, já que isso garante que você nunca usará um navegador desatualizado.

2. Desinstale plugins desnecessários

Quase todo navegador pode ser incrementado com plugins que melhoram a experiência do usuário, mas nem todos são muito seguros. É claro que você sempre deve evitar os mais suspeitos, mas uma dica é dar uma olhada em tudo o que estiver instalado e se livrar do que não for realmente usar.

Outra coisa que você pode fazer é desinstalar os plugins que fazem algum uso do Java ou Flash, já que eles já não são mais necessários hoje em dia e apenas trazem mais vulnerabilidades ao seu navegador. Seguindo estas dicas, você consegue ter certeza de que não terá plugins datados e que não recebem mais suporte, o que certamente garante mais segurança no dia a dia.


3. Mantenha os plugins atualizados

plugins perigosos

Agora que você se livrou dos plugins desnecessários, é hora de lembrar de manter os que restaram sempre atualizados. É claro que é exatamente pelo mesmo motivo do primeiro tópico de nossa lista, afinal, plugins desatualizados também podem explorados de maneira maliciosa.

Geralmente eles se atualizam automaticamente, então você não deve ter muito trabalho. Ainda assim, é sempre bom dar uma olhada na sua lista de plugins de vez em quando para verificar se alguns deles deixou de receber suporte ou precisa ser desinstalado.

4. Use a versão 64-bit do navegador

Você já deve ter notado que quando vamos baixar um navegador, geralmente temos a opção de escolher entre a versão de 32 e 64-bit. Obviamente, a versão de 64-bit é mais segura, mas também só é recomendada para que já usa versão 64-bit do Windows, especialmente para que não haja nenhum problema de compatibilidade.

De qualquer forma, a nossa recomendação é que você sempre use a versão de 64-bit quando for possível. No Google Chrome é possível escolher rapidamente, mas o Firefox ainda não oferece uma versão tão estável em 64-bit, o que pode ser meio preocupante para alguns usuários. Já o Microsoft Edge pode ser encontrado nativamente na versão 64-bit ao instalar o Windows em sistemas compatíveis.

5. Use um antivírus com proteção para seu navegador

browser seguro

Antigamente, os antivírus serviam basicamente para manter seu PC em segurança e para detectar qualquer possível problema. Hoje em dia, eles melhoraram e se aprimoraram bastante e podem ir muito além de suas funções primordiais, o que inclui a sua segurança ao navegar a internet.

Seja com programas gratuitos ou pagos, é bem fácil de encontrar algum que tenha recursos especiais para verificar o conteúdo que você explora na internet e que te avise caso algo esteja errado. Se quiser poupar uma parte da pesquisa, é só clicar neste link e conferir nosso artigo com alguns dos melhores antivírus do Windows.

6. Tome cuidado ao instalar extensões

Extensões são outra grande forma de melhorar sua experiência com o navegador, já que adicionam funções e recursos bem úteis, mas eles também podem ser bem perigosos. Alguns que parecem inofensivos podem adicionar publicidade extra nas páginas que você visita, podem guardar dados sobre as coisas que você digita e até rastrear suas atividades gerais na internet.

Nossa maior dica neste caso é que você só instale extensões que realmente forem úteis e forem bem recomendadas por outros usuários. Assim, se notar qualquer atividade suspeita, é bem mais fácil de encontrar o responsável do que se você tivesse dezenas de extensões instaladas.

Além disso, utilizar muitas extensões pode acabar afetando negativamente o desempenho de seu navegador, fazendo com que fique mais lento, trave ou mesmo feche sozinho em algumas situações.

7. Evite navegadores sem suporte

problemas com navegador

Existem muitos navegadores disponíveis na internet, mas isso não significa que você pode simplesmente baixar e usar qualquer um deles sem uma pesquisa prévia. Acontece que muitos browsers não recebem mais suporte ou atualizações de seus desenvolvedores e devem ser evitados a todo custo, já que são os alvos mais vulneráveis que você pode imaginar.

Isso se aplica principalmente ao Internet Explorer (que finalmente foi substituído pelo Microsoft Edge) e à versão de Windows do Safari. Caso vá usar um navegador menos conhecido, sempre tente encontrar informações sobre suas atualizações e se ele ainda recebe algum suporte de seus criadores.

Encontre também no AppTuts:

Gostou dessas dicas para deixar seu navegador seguro?

E aí, o que achou das nossas principais recomendações para garantir um navegador seguro? Só não esqueça de deixar seu comentário nos dizendo quais dicas mais te ajudaram e se você ficou com alguma dúvida sobre o assunto!


Seções:



Junte-se a nós na nossa área de membros!
Faça login ou registre-se e receba as novidades em primeira mão.
Guarde artigos para ler mais tarde ou acesse aos seus favoritos.

Comente este artigo

* Campos de preenchimento obrigatório

Voltar ao topo