Gravar vídeos no YouTube: 30 melhores dicas
1 de março de 2019
Nenhum Comentário
Gravar vídeos no YouTube: 30 melhores dicas
Gravar vídeos no YouTube: 30 melhores dicas

Gravar vídeos no YouTube: 30 melhores dicas

Nenhum Comentário

Com o crescimento marcante do Instagram e até mesmo do IGTV, pode pensar que a era de gravar vídeos no YouTube acabou. Se é isso que está pensando, você está bastante enganado.

Vale lembrar que ela continua sendo a maior e mais popular plataforma de conteúdo em vídeo no mundo. Além disso, a rede social também é a segunda maior rede de buscas do mundo, perdendo apenas para o próprio Google.

É verdade que não faltam youtubers de sucesso e influenciadores digitais na plataforma, mas isso não significa que a porta está fechada para você. Se tem alguma trava para gravar vídeos no YouTube, veja abaixo 30 dicas que separamos e usamos para nossos próprios conteúdos na plataforma!

1. Se planeje antes de gravar vídeos no YouTube

Nossa primeira dica para gravar vídeos no YouTube é ideal para os mais tímidos ou quem não tem a habilidade de improvisar. Por isso, antes mesmo de apertar o botão de gravação, faça um planejamento de como será seu vídeo.

Existem três tipos de vídeo que geram engajamento no YouTube. Os educativos, feitos para transmitir ideias, conhecimento e habilidades aos inscritos.

Temos também os vídeos de engajamento, cujo conteúdo procura gerar uma reação emocional de quem está vendo, encorajando-os a curtir, comentar e compartilhar seu conteúdo. O terceiro tipo é o consciência, que busca alertar os inscritos sobre um problema ou chamar atenção para uma causa.

Dica dentro da dica: não vale usar o segundo e terceiro tipos para promover fake news ou sua conta pode ser banida do YouTube!

2. Para quem é seu vídeo e qual sua mensagem?

Responder a essas duas perguntas é bastante importante, já que poderá desenvolver um conteúdo que irá ressoar com o público que se deseja atingir.


Por isso, leve em consideração qual o tipo de pessoa que busca esse tipo de conteúdo no YouTube e como ela se comunica. Dessa maneira, poderá otimizar a descrição e título do seu vídeo de modo que ela te encontre mais facilmente.

Além disso, é importante definir o tema central do vídeo. Ou seja, o que você quer que ele comunique. Por isso, elabore uma frase resumida com o principal objetivo do vídeo.

Nesse vídeo publicado no canal do AppTuts no YouTube, por exemplo, a mensagem principal era ensinar aos inscritos a usar a impressão digital em seus celulares Android.

3. Defina o tempo de duração

Uma das perguntas mais feitas por quem quer criar conteúdo no YouTube é: quanto tempo meu vídeo deve ter?

A empresa MiniMatters avaliou os dez vídeos mais vistos do YouTube em 2018 e tirou uma média entre eles. Nesse ranking, o vídeo mais curto tinha apenas 42 segundos, enquanto o mais longo possui 9 minutos e 15 segundos. Tirando uma média entre os 10 vencedores, se chegou ao valor de 4 minutos e 20 segundos.

Mas isso depende do seu foco e conteúdo que pretende publicar.

Se o seu objetivo é criar um vídeo com informações mais aprofundadas, dificilmente conseguirá criar conteúdo nesse pouco tempo, então não é necessário seguir à risca. Porém, vale notar que é necessário fisgar a atenção do inscrito de primeira e conseguir manter sua atenção pelo tempo restante do vídeo.

E quanto mais longo o conteúdo, mais difícil isso será.

Por isso, defina uma faixa de duração para seu vídeo e tente não fugir do que estabeleceu.

4. Crie um roteiro

O Santo Graal de quem ainda não é familiarizado com gravar vídeos no YouTube. Se não é bom com improvisação ou não sabe o que falar, criar um roteiro é a melhor saída.

Dessa maneira, você saberá o que falar no momento certo que deverá falar. Isso evitará que fique muito tempo calado pensando no que irá dizer, facilitando também a edição do conteúdo.

Se apenas a criação do roteiro não for suficiente, você pode utilizar aplicativos de teleprompter como o Selvi para Android e iPhone, para que possa ler o roteiro caso esqueça algum trecho.

criando roteiro para vídeos

5. Decida onde gravará seu vídeo

Existe três maneiras de gravar vídeos no YouTube: gravação interna – dentro de casa ou estúdio -, gravação externa ou gravar a tela do celular.

Todas elas possuem suas vantagens e desvantagens. Porém, você vai avaliar qual é a melhor para um determinado tipo de vídeo que deseja criar.

Nesse tutorial para ensinar a desbloquear um contato no Instagram, por exemplo, o ideal era gravar a tela do celular, para que o inscrito pudesse acompanhar o passo a passo.

Dicas para gravar vídeos no YouTube

6. Escolha um software para gravação de tela

Se escolheu a terceira opção, o ideal é escolher um software ou app para gravação de tela. Eles são capazes de acompanhar o que estiver fazendo e transmitir para um arquivo de vídeo. Alguns deles permitem, inclusive, transmitir ao vivo pelas redes sociais!

Se está gravando a tela do seu computador, você pode fazer a gravação de maneira nativa no Windows 10. Se prefere usar um software externo ou não possui o Windows 10, programas como o Movavi podem ser de bastante ajuda. Clique no link para acessá-lo gratuitamente.

No celular, a opção mais indicada é o DU Recorder. Como falamos anteriormente nesse item, ele permite gravar seus vídeos, fazer edição e até mesmo criar lives a partir dele. O DU Recorder está disponível para Android e iOS.

7. Câmeras: qual delas usar?

Se optou por fazer uma gravação interna ou externa, as câmeras são os componentes mais importantes para isso. Você pode gravar pela câmera do seu celular, mas se quer aplicar uma qualidade mais profissional ao gravar vídeos no YouTube, existem diversos tipos de câmera, ideais para alguma situação específica.

Veja no próximo item alguns tipos de câmera que pode usar para gravar vídeos no YouTube.

8. Tipos de câmera para gravar vídeos no YouTube

  • Camcorder: o tipo de câmera mais simples, mas focado apenas na gravação. O Camcorder é compacto e pode ser usado para gravações externas;
  • Webcam: se grava seus vídeos de frente para o computador – como no caso dos streamers do Twitchque gravam a tela do PC e usam a webcam para registrar suas emoções e falar com seus inscritos, a webcam é uma opção bem útil. Mesmo que notebooks venham com webcams embutidas, a qualidade não é boa e torna seu vídeo desinteressante;
  • DSLR: favorita entre youtubers, as câmeras DSLR são boas mesmo em situações de pouca iluminação e pela qualidade da captura dos vídeos. Porém, é a opção mais cara entre as três que mostramos.

Dicas de som para gravar vídeos no YouTube

9. Tenha um microfone externo de qualidade

Uma das razões que fazem inscritos pararem de ver vídeos é som de baixa qualidade. Quando isso acontece, duas situações são as mais comuns: ou eles ouvem muita interferência ou não conseguem te escutar pelo volume ser baixo.

Por isso, um dos melhores investimentos que pode fazer para gravar vídeos no YouTube é em um microfone de qualidade. Eles são capazes de captar sons, eliminar ruídos e deixar sua voz fácil de ser ouvida.

Novamente, veja alguns exemplos de microfones que pode usar no item a seguir.

10. Tipos de microfone para gravar vídeos no YouTube

Os microfones vem em diferentes tipos e tamanhos, ideais para situações específicas. O microfone de lapela, por exemplo, é interessante para quem quer gravar vídeos externos, já que permitem ser presos na roupa. Mesmo em gravações internas, pode usá-lo acoplado a um tripé.

Outros tipos de microfones que pode usar são os que vem junto de headphones, já que também ficam bem posicionados para captar sua voz.

Se está procurando uma opção profissional, pode usar microfones condensadores. Eles possuem diferentes configurações de volume, que pode ir ajustando durante a gravação. Além disso, também contam com filtros próprios, permitindo ou impedindo a passagem de alguns tipos específicos de som.

11. Isole o som do ambiente

Mesmo que tenha optado pelo melhor microfone, ainda sim o ideal é que isole o som do seu entorno na hora de gravar vídeos no YouTube.

Dessa maneira, evitará ter de repetir takes por conta de um barulho aleatório estranho ou ter mais trabalho na hora da edição. O ideal é que se feche em um cômodo da casa para fazer a gravação.

porta fechada para indicar isolamento

Se morar com outras pessoas, pode combinar horários no qual não poderá ser incomodado.

Se não tiver um espaço que possa fechar em casa, o ideal é reservar os momentos em que estiver sozinho para fazer as gravações.

12. Coloque música apenas na edição

Pode parecer uma ideia inteligente e até mesmo produtiva deixar a música do vídeo tocando durante a gravação. Mas não recomendamos fazer isso por dois motivos.

O primeiro é que ela não estará tão bem reproduzida, em comparação de quando a insere durante a edição. O segundo é que não terá muito controle sobre como ela será tocada no vídeo.

Por isso, grave sem música de fundo e deixe para colocá-las apenas na fase de edição do vídeo.

Dicas de iluminação para gravar vídeos no YouTube

13. Iluminação natural ou artificial?

Escolher entre iluminação natural ou artificial é outra dúvida bastante recorrente para quem tem interesse em gravar vídeos no YouTube.

Não há uma resposta certa para isso.

O ideal é gravar com iluminação natural, mesmo que internamente. A luz solar ainda é a que traz melhor qualidade na gravação. Porém, seu uso depende de uma variedade de fatores.

É necessário que seja um dia de céu limpo, existe um horário ideal para gravar – que também depende de onde você mora e em quais momentos do dia o sol bate mais forte em seu cômodo – e alguns inconvenientes para que isso aconteça, como ter de abrir sua janela, perdendo o isolamento acústico que mostramos anteriormente.

iluminação é importante para conseguir criar vídeos na internet

O que fazer então?

Aproveitar a luz natural para gravações externas e usar a artificial para internas, a não ser que a luz natural cumpra os requisitos que mostramos acima.

14. Iluminação natural: como gravar vídeos

Como falamos na dica anterior, o ideal é que use iluminação natural em gravações externas. Nesses casos, o ideal é gravar no horário das 10h às 14h, onde tem maior incidência de luz solar.

Dessa maneira, seus vídeos ficarão iluminados de maneira adequada, com maior clareza sobre o que está gravando.

Apesar da luz natural muitas vezes ser suficiente, nada o impede de usar alguns acessórios para torná-la ainda mais eficaz, como mostraremos ao longo do artigo.

15. Grave em diferentes horários do dia

Para maior iluminação natural, o ideal é que siga os passos descritos anteriormente. Mas isso não está escrito em pedra.

Uma outra vantagem de usar a luz do sol são suas mudanças durante o dia. Dependendo do tipo de conteúdo que produza, por que não gravar vídeos no YouTube ao por do sol? Se estiver em um local que valha a pena mostrar durante esse período, ignora a regra anterior e aperte o botão para começar a gravar!

16. Iluminação artificial: como gravar vídeos

Na iluminação natural, você não precisa dar muita atenção para a luz propriamente dita, já que não tem controle sobre ela. O mesmo não acontece com a iluminação artificial.

Aqui, você é o responsável pela iluminação. Por isso, o ideal é que comece a gravar vídeos no YouTube no cômodo com melhor iluminação da casa.

Outro ponto importante é que não basta apenas acender a lâmpada do seu quarto: alguns acessórios são necessários para uma boa iluminação artificial.

17. Tipos de equipamento para iluminação artificial

Ter boa iluminação artificial é algo que requer certo investimento, mas isso não significa que deva comprar um kit completo para começar.

Abaixo, separamos alguns acessórios básicos que vão te ajudar a gravar vídeos no YouTube que sejam bem iluminados:

  • Softbox: esse acessório emula o efeito de quando recebe luz natural de uma janela, mas com a luz artificial;
  • Ring Light: um dos melhores equipamentos para youtubers, especialmente se o foco está em criar vlogs. Ela foca a iluminação no objeto ou sujeito principal do vídeo, eliminando todo tipo de sombra desse objeto, te dando maior foco na gravação;
  • Sun Gun ou painel de LED: ambos acessórios funcionam de forma parecida. Os dois consistem em um painel com um conjunto de pequenas lâmpadas em LED, que servem como iluminação de preenchimento, removendo sombras que podem surgir no cenário.

18. Plano de fundo: como arrumar seu cenário

Além de cuidar do seu próprio visual – que falaremos adiante no artigo -, também precisa prestar atenção no plano de fundo. Ele também fará parte dos seus vídeos.

Para arrumar bem seu cenário, você precisa pensar no objetivo do seu canal de YouTube. Se pretende falar de videogames, por exemplo, é interessante ter um armário com itens de sua coleção no plano de fundo, ou um papel de parede com a temática.

Se o objetivo for algo mais na área de educação, como ensinar pessoas a ganhar dinheiro online, seu plano de fundo deverá ser mais profissional. Veja abaixo um exemplo no canal do Luciano Larrossa no YouTube:

Como se comportar ao gravar vídeos no YouTube

19. Energia gera energia!

Quer ter respostas vivas e engajadas de seus inscritos no seu canal? Então bote sua energia para fora na hora de gravar vídeos no YouTube!

Fazer vídeos com pouco entusiasmo irá gerar reações pouco entusiasmadas, se gerar qualquer tipo de reação. Você não precisa gritar em frente às câmeras, mas demonstrar-se entusiasmado em estar falando com seus inscritos irá gerar respostas similares de volta.

20. Evite jargões e termos técnicos

Um erro muito comum mesmo em youtubers experientes é o uso demasiado de jargões e termos técnicos de sua área. Quando se trabalha há muito tempo em uma área, acaba normalizando algumas expressões específicas.

Mas seu público no YouTube provavelmente não sabe o que significam esses jargões.

Por isso, lembre-se de que o conteúdo que está criando ao gravar vídeos no YouTube não são feitos para você, e sim para seu público. Use linguagem simples e direta, buscando fazer com que seu conteúdo seja compreendido facilmente.

21. Sorria!

Como mencionamos há pouco, ser energético ajuda seu vídeo a receber mais engajamento. Em complemento a isso, lembre-se de sorrir e demonstrar bom humor.

Uma pesquisa do site Little Things Matter revelou que 72% das pessoas acreditam que aqueles que sorriem com frequência são mais confiantes e bem-sucedidos. Por isso, sorrir é um aspecto importante para atrair seus inscritos para assistir mais conteúdo seu.

sorrir aumenta suas chances de engajamento no youtube

22. Olhe direto para a câmera

Se está gravando para que outras pessoas o assistam do outro lado da tela, nada mais natural que olhar direto para a câmera. Para evitar o nervosismo, é recomendado que entenda a câmera como um amigo com quem está conversando.

Olhar direto para a câmera fará com que seu inscrito entenda que a mensagem que está passando é para ele, além de ter mais potencial para retê-lo ao longo do vídeo. Afinal, você sente vontade de conversar com alguém que não olha para você enquanto fala?

23. Se vista de acordo com sua audiência

Lembra dos exemplos que damos ao falar sobre o plano de fundo dos seus vídeos? Ela também serve para você.

Diferente de artigos em blogs ou podcasts, seu público estará te vendo. Por isso, é importante sim que esteja bem arrumado e de acordo com sua audiência.

Usando o mesmo exemplo que demos antes, se tiver um canal sobre videogames, por exemplo, gravar vídeos no YouTube vestido com um terno não faz muito sentido. Já camisetas com o tema são mais apropriadas.

Um foco mais profissional já exige uma vestimenta um pouco mais formal. Novamente retornando ao exemplo do Luciano Larrossa – um dos maiores especialistas no Instagram no Brasil e em Portugal -, atente-se para como ele está vestido para falar sobre negócios nas mídias sociais.

Aplicativos para gravar vídeos no YouTube

24. Movavi

Finalizando nossa lista com dicas para gravar vídeos no YouTube, mostraremos alguns dos melhores apps que irão tornar seu trabalho mais fácil.

O primeiro deles é o Movavi, um editor que usa elementos conhecidos como edição por linha do tempo. Nela, poderá distribuir e ordenar as faixas de vídeo e áudio da maneira que achar mais adequada.

Além disso, você terá acesso a um acervo de efeitos especiais e elementos para tornar seus vídeos mais profissionais ou divertidos, junto a diversos tipos de transições. Vale considerar também que o Movavi permite que grave a tela do seu computador, entre outros.

Saiba tudo sobre o Movavi através do link!

25. FilmoraGo

Diferente do Movavi, o FilmoraGo é um aplicativo para smartphones. Porém, não deve nada aos editores de vídeo para PC. Com uma gama de funções que o torna completo, o FilmoraGo possibilita criação de apresentações – que também podem ser compartilhadas no YouTube!

Além disso, o app traz todas as ferramentas de edição para trabalhar em seus vídeos, possibilitando cortar, redimensionar e uma biblioteca própria de elementos, efeitos e músicas para suas criações. Baixe o FilmoraGo no Android ou iPhone.

26. VideoShop

Se não está tão familiarizado com edição de vídeo, talvez o VideoShop possa ser uma solução mais adequada. O app também traz ferramentas básicas de edição, além de elementos e efeitos para incluir nos vídeos.

Junto a isso, ele permite alterar a velocidade de reprodução dos vídeos – inclusive tocando-os em slow-motion -, adição de textos ou legendas e uma série de filtros para aplicar. Clique no link para usar o VideoShop no iPhone.

27. Clips

Também exclusivo no iPhone, o Clips possui função mais divertida. Além dos filtros que outros apps também colocam, o aplicativo permite inserir emojis, colocar planos de fundo animados e diversas músicas de seu acervo. Faça download do Clips em seu celular através do link.

28. Splice

Considerada uma ferramenta profissional para criação de vídeos a partir do iPhone, o Splice traz uma série de recurso interessantes aos seus usuários.

Ele é um dos poucos a sincronizar seu vídeo com a batida da música que escolheu para ele, além de contar com uma série de filtros e cores de fundo. Nos ajustes, você pode configurar a velocidade de reprodução, adicionar texto e fazer alterações no plano de fundo, entre diversos outros.

Clique no link para baixar o Splice no seu iPhone.

gravar videos no youtube splice

29. Quik

Feito com o objetivo de ser um editor para vídeos gravados na famos GoPro, o Quik há muito tempo deixou de ter apenas essa função. Esse editor para Android é bastante completo, permitindo incluir imagens e sons de seu acervo próprio.

Além disso, com o Quik você pode escolher estilos de vídeo prontos, com transições e outros elementos já configurados, o tornando ideal para iniciantes. Veja mais sobre o Quik acessando o link.

30. VivaVideo

Outro dos apps que também pode ser usado para criar apresentações, o VivaVideo tem uma funcionalidade interessante de planejamento. Sua interface é em formato de storyboard, permitindo ter uma visão melhor de como seu vídeo deve ficar.

Entre suas funcionalidades, destacamos a possibilidade de adicionar borrado ao fundo da tela e um incrível acervo de adesivos, filtros, músicas e fontes para adicionar legendas aos vídeos. Conheça mais sobre o VivaVideo na Google Play.

Dê seus próximos passos no YouTube!

Agora que já tem algumas dicas para gravar vídeos no YouTube e atrair mais usuários ao seu canal, pode começar a ensinar seus próximos passos.

Embora a criação de conteúdo seja o ponto onde deve ter mais foco, existem outras atividades que deve fazer se quiser ser bem-sucedido na plataforma de vídeos mais acessada do planeta.

Por isso, não saia do AppTuts sem conferir também nosso guia completo para ganhar inscritos no YouTube e, finalmente, como ganhar dinheiro no YouTube!


Seções:



Junte-se a nós na nossa área de membros!
Faça login ou registre-se e receba as novidades em primeira mão.
Guarde artigos para ler mais tarde ou acesse aos seus favoritos.

Comente este artigo

* Campos de preenchimento obrigatório

Voltar ao topo