7 dicas na hora de comprar um novo monitor
6 de outubro de 2017
Nenhum Comentário
7 dicas na hora de comprar um novo monitor
7 dicas na hora de comprar um novo monitor

7 dicas na hora de comprar um novo monitor

Nenhum Comentário

Apesar de, na maioria das vezes, um monitor ser substituído quando se compra um novo computador, algumas vezes é necessário trocá-lo antes de fazer a mudança. Seja por ele já ter idade considerável ou por uma falha repentina cujo conserto seja muito caro, a necessidade de comprar um novo monitor pode surgir. Por isso, reunimos aqui 7 das melhores dicas para que consiga fazer isso sem maiores problemas e adquirir um monitor que seja bom, ao mesmo tempo que prejudique menos sua visão durante o uso. Confira abaixo!

Dica: Já comprou um monitor novo e quer assistir animes nele? Conheça então os 5 melhores aplicativos para fazer isso!

1. Tenha ajuste automático de brilho

O brilho é um dos principais antagonistas dos seus olhos. Deixar essa configuração alta irá prejudicar sua visão ao longo do tempo e, mesmo com a possibilidade de ajustar esse brilho, dificilmente irá lembrar de reduzir ou aumentar conforme a luminosidade do local onde você estiver.

comprar-um-novo-monitor-brilho

Porém, alguns monitores já fazem esse ajuste automaticamente através de sensores. Além disso, alguns deles também permitem que configure de qual maneira esses ajustes automáticos funcionarão.

Opte por este tipo de dispositivo para garantir a saúde de seus olhos, especialmente caso você passe períodos prolongados utilizando o computador, como para trabalho, por exemplo.

2. Tela com revestimento anti-reflexivo

Usar um monitor em um ambiente ensolarado é furada na certa, já que a luz do sol é refletida pelos monitores diretamente em seus olhos. Isso força mais a visão para se manter olhando para a tela, já que possuirá mais dificuldade para enxergar os detalhes.

Felizmente, a maioria dos novos monitores já estão sendo lançados com revestimento anti-reflexivo, que reduzem o reflexo e forçam menos sua visão. Certifique-se de comprar um modelo que ofereça esta conveniência.


3. Tela curvada

Apesar de estamos acostumados a telas planas, são as telas curvadas que infligem menor dano à nossa visão. Mesmo que não pareça à primeira vista, as telas curvadas permitem menor mudança no foco quando seus olhos se movem do centro para os cantos de um texto ou vídeo, por exemplo.

As TVs com tela curva já são um exemplo disso, mas também é possível comprar um novo monitor nesse formato. Geralmente estes modelos são um pouco mais caros, mas todo investimento é justificado quando o intuito é prezar pela saúde de seus olhos.

comprar-um-novo-monitor-curvado

4. Tela mais ajustável

Foi-se o tempo no qual era quase impossível ajustar o ângulo de um monitor, principalmente quando o padrão eram os de tubo. Atualmente, os monitores são mais ajustáveis, mas, ainda assim, existem modelos mais fáceis de mexer no ângulo do que outros.

Especialistas indicam que o ângulo ideal de um monitor em relação ao usuário é de 20 a 50 graus abaixo da horizontal, semelhante ao grau que usamos ao ler um livro. Por outro lado, olhar reto para a tela do computador é melhor para evitar dores no pescoço, embora seja pior para os olhos. Portanto, vale analisar qual dessas é a melhor opção para você de acordo com sua saúde.

comprar-um-novo-monitor-angulo

5. Escurecimento por corrente direta

Monitores LED são escurecidos de duas maneiras. A primeira é por modulação de largura de pulso, que desliga e liga rapidamente e, quanto mais tempo o LED fica desligado, mais escuro seu monitor fica. Já a segunda é por corrente direta, que controla a distribuição de energia enviada aos diodos e, quanto menor, mais escura fica a tela.

A primeira opção é a mais comum, mas também agride mais sua visão, já que o desligar e ligar causa cintilação, causando cansaço na vista. Já a segunda é mais cara e tem potencial de queimar o LED mais rápido, mas evita o efeito de cintilação causado pelo outro método.

6. Fique atento às portas

Hoje, é muito comum buscarmos por monitores que ofereçam entradas HDMI, entretanto, alguns computadores com placas de vídeo mais antigas podem não oferecer suporte à esta tecnologia.

É verdade que, na maioria das vezes, neste caso você pode optar por utilizar um conversor, porém algumas vezes isso pode não dar muito certo ou mesmo causar latência ou problemas na imagem.

Para evitar qualquer inconveniência, compre um monitor que seja compatível com o tipo de computador ou tecnologia que você deseja utilizar.

7. Menos emissão de luz azul

comprar-um-novo-monitor-luzazul

A luz azul emitidas por telas de monitores, TVs e smartphones já é um assunto amplamente conhecido. Sendo reconhecidas como vilãs não apenas para a visão, mas também para o sono – estudos comprovaram que ficar submetido a luz azul momentos antes de ir dormir prejudicam o sono e podem causar insônia -, empresas que produzem monitores estão lançando modelos com emissão limitada dessa luz azul.

Por isso, vale procurar um aparelho que contenha esse tipo de limitação na hora de comprar um novo monitor. Assim como mencionamos na primeira dica, não negligencie o dano que o uso prolongado de computadores pode causar à sua visão.

Encontre também no AppTuts:

Quais seus critérios na hora de comprar um novo monitor?

Apesar de uma tarefa incomum, comprar um novo monitor pode ser a diferença entre viver com problemas na vista causados por longa exposição à tela e até mesmo a distúrbios do sono, principalmente se utiliza muito o computador durante à noite – a gente sabe que você fica a madrugada inteira nos jogos online como League of Legends. Por isso, tomar esses cuidados é essencial na escolha. Discorda das dicas? Gostaria de fazer outras recomendações? Comente conosco aqui no AppTuts!


Seções:



Junte-se a nós na nossa área de membros!
Faça login ou registre-se e receba as novidades em primeira mão.
Guarde artigos para ler mais tarde ou acesse aos seus favoritos.

Comente este artigo

* Campos de preenchimento obrigatório

Voltar ao topo