Vice-presidente do Facebook na América Latina será liberado da prisão
2 de março de 2016
Um Comentário
Vice-presidente do Facebook na América Latina será liberado da prisão
Vice-presidente do Facebook na América Latina será liberado da prisão

Vice-presidente do Facebook na América Latina será liberado da prisão

Um Comentário

Na manhã de ontem, o vice-presidente do Facebook na América Latina Diego Dzodan foi preso por ordem do juiz Marcel Maia Montalvão, do estado do Sergipe. O motivo da prisão se deu após a recusa da empresa de Mark Zuckerberg a entregar dados e conversas feitas através do aplicativo WhatsApp. As conversas exigidas pelo juiz poderiam levar à prisão de traficantes de drogas, de acordo com autoridades.

No entanto, o Facebook alegou que o motivo da recusa se deu pelo fato de que tais dados não existem mais, pois o aplicativo não armazena as conversas. No entanto, a empresa fez questão de informar que tal prisão foi “extrema e desproporcional”, alegando que o Facebook sempre esteve disponível para diálogo em relação à questões como estas.

O executivo foi libertado na madrugada de hoje (02/03) através de um habeas corpus concedido pela Justiça. O executivo ficou detido após prestar depoimento na Polícia Federal, respondendo perguntas encaminhadas pela Justiça de Sergipe, responsável por ordenar a prisão.

O caso é bastante semelhante ao impasse que está ocorrendo entre a Apple e a FBI, a polícia federal americana, nos Estados Unidos. Por lá, a entidade está em uma disputa legal com a Apple para o desbloqueio de um iPhone que pode possuir informações sobre um ataque terrorista ocorrido na cidade de San Bernardino, na Califórnia.

Fontes e Imagem: BBC Brasil e G1

Vice-presidente do Facebook

Seções:
Junte-se a nós na nossa área de membros!
Faça login ou registre-se e receba as novidades em primeira mão.
Guarde artigos para ler mais tarde ou acesse aos seus favoritos.

Comente este artigo

* Campos de preenchimento obrigatório

Voltar ao topo